Toys for Bob fala sobre o processo de criação para Crash Bandicoot 4: Its About Time

Toys for Bob fala sobre o processo de criação para Crash Bandicoot 4: It's About Time

O estúdio agora de Call of Duty comentou sobre seu último trabalho na IP de Crash
#Games Publicado por Billy Butcher, em

Crash Bandicoot e Spyro: the Dragon são ambos ícones dos anos 90 que experimentaram um grande aumento de popularidade depois que suas franquias foram revividas, mas eles têm algo mais em comum: Crash Bandicoot 4: It's About Time e Spyro Reignited Trilogy foram feitos pela Toys for Bob.

Na verdade, os desenvolvedores foram direto de Spyro Reignited Trilogy para Crash Bandicoot 4, e o dragão roxo ajudou a trazer o marsupial de volta à ação.

De acordo com o diretor criativo de Crash Bandicoot 4, Louis Studdert, em uma entrevista à Nintendo Everything, o Spyro Reignited Trilogy foi a primeira vez que a equipe usou a Unreal Engine 4 da maneira que escolheram.

A experiência de trabalhar em Spyro ajudou a Toys for Bob a aprimorar suas habilidades com a Unreal Engine 4 e suas próprias ferramentas de tecnologia. Os resultados foram tão bem recebidos que os jogadores usaram Crash Bandicoot 4 e Spyro Reignited Trilogy como prova de que outros jogos de plataforma deveriam retornar.

A Toys for Bob passou muito tempo examinando os Spyro e descobrindo exatamente o que os fazia funcionar e, portanto, o que os fãs poderiam esperar da coletânea. Quando o Spyro Reignited Trilogy foi concluído, o estúdio levou as lições aprendidas para seu próximo jogo de aventura de plataforma.

Alegadamente, sempre houve muito amor por Crash na Activision, e Toys for Bob agarrou a chance de trazer uma segunda franquia amada de volta dos mortos.

Descobrir como inserir uma série tão arraigada na estética dos anos 90 nos dias modernos foi um processo complicado, e Studdert afirma que a equipe deve seu sucesso às experiências com o Spyro.

Do ponto de vista da tecnologia e da filosofia de design, o trabalho da Toys for Bob em Crash Bandicoot 4: It's About Time foi uma extensão do trabalho que estava fazendo em Spyro Reignited. Os desenvolvedores certificaram-se de saber quais eram as peças mais essenciais dessas franquias antes de começarem a atualizar e revisar a mecânica principal.

Quanto ao futuro, Spyro e Crash estão de volta na geladeira, ao menos é o que foi muito indicado. Toda a Toys for Bob foi remanejada para o desenvolvimento de Call of Duty, especificamente o Call of Duty: Warzone, ajudando a Raven Software com o título.

O estúdio tem pouco mais de 120 funcionários atualmente, com cerca de 10 vagas de emprego abertas, sendo de muitos ramos diferentes, mas todas tem algo em comum: o foco é total em Call of Duty.

Esse caso também vale para a Beenox, estúdio de Crash Team Racing, que foi alocado para se focar exclusivamente em Call of Duty, ajudando a Sledgehammer com COD 2021, bem como criando as versões de PCs de novos Call of Duty (e supostamente a Beenox está fazendo Call of Duty: Warzone para Mobile).

Fonte: Game Rant
Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Publicações em Destaque