Apple vs. Epic | Apple rejeitou 1 milhão de apps problemáticos para a sua loja em 2020

Apple vs. Epic | Apple rejeitou 1 milhão de apps "problemáticos" para a sua loja em 2020

Para justificar as políticas da App Store na batalha contra a Epic Games, a dona do iOS divulga estatísticas focadas em questões de segurança
#Games Publicado por Billy Butcher, em

Com a Epic Games no tribunal argumentando que as políticas restritivas da App Store violam as leis antitruste, a Apple divulgou ontem uma variedade de estatísticas destinadas a justificar o manuseio da loja por questões de segurança.

"As ameaças estão presentes desde o primeiro dia em que a App Store foi lançada no iPhone e aumentaram em escala e sofisticação nos anos seguintes", disse a Apple.

"A Apple também escalou seus esforços para enfrentar essas ameaças, dando passos incansáveis ​​para combater esses riscos para usuários e desenvolvedores."

A Apple disse que rejeitou quase 1 milhão de novos aplicativos "problemáticos" e quase o mesmo número de atualizações de aplicativos. (Ela disse que a App Store atualmente tem 1,8 milhão de aplicativos disponíveis no total, cerca de metade dos quais usam o sistema de pagamento no aplicativo da Apple para vender coisas.)

Cerca de 215.000 aplicativos foram rejeitados por violações de privacidade, 150.000 foram rejeitados por serem spam, imitações ou enganosos e outros 48.000 foram negados por terem recursos ocultos ou não documentados.

Outros 95.000 foram removidos da App Store por causa de táticas de isca e troca, como um aplicativo de jogo que se apresenta como algo inócuo para evitar escrutínio.

A empresa não especificou números para as rejeições restantes, mas observou que os aplicativos podem ter a entrada negada na App Store por não funcionarem corretamente.

Além disso, a Apple disse que anulou 244 milhões de contas de clientes e 470.000 contas de desenvolvedor, e parou outras 424 milhões de tentativas de criação de novas contas.

Ela também divulgou detalhes sobre seu sistema de processamento de pagamentos para a App Store, que está no centro da disputa com a Epic.

A Apple afirma que a exigência de que as transações dos desenvolvedores sejam feitas por meio de seu sistema de pagamento in-app (no qual a Apple fica com 30% das receitas) é uma medida de segurança necessária.

A Apple disse que protegeu os clientes de mais de US$ 1,5 Bilhão em "transações potencialmente fraudulentas" no ano passado e proibiu que quase 1 milhão de contas pudessem fazer transações.

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.