Os personagens mais assustadores de jogos que não são de terror

Os personagens mais assustadores de jogos que não são de terror

Jogos infantis e de aventura com personagens controversos, às vezes acontece.
#Artigos Publicado por MeuCoraçãoÉ, em

Sejam bem-vindos a mais um artigo para descontração na GameVicio. Nesse artigo listarei alguns personagens assustadores - NPCs ou inimigos, de jogos que não são de Terror, portanto não espere encontrar na lista personagens como Mr. X ou Pyramid Head. Para a listagem (ranking) levei em consideração o design de personagem, o contexto em que ele é apresentado durante a jogatina e a atmosfera do jogo em geral.

7. Slime Monster - Toy Story 2 Buzz Lightyear to the Rescue

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLnl0aW1nLmNvbS92aS9Qa2xINll4MkRmdy9tYXhyZXNkZWZhdWx0LmpwZw==

Eis que você tem 8 anos de idade e está se deliciando com um divertido jogo infantil baseado na famosa animação da Pixar. Você passa horas cumprindo os objetivos das lindas fases do jogo com entusiasmo...até que você chega na sexta fase - Slime Time! Nesse Boss Level você é transportado para um beco escuro e sujo durante uma noite de tempestade, como se já não bastasse o clima e ambiente claustrofóbico pra aterrorizar qualquer criança o design do inimigo aqui apresentado por si só é diferente de todos os outros inimigos do jogo (que até então eram exibidos como brinquedos).

Pra terminar com a alegria de qualquer criança, o boss consegue percorrer longas distâncias com seus pulos deixando quase sempre o jogador encurralado - tudo isso enquanto ele solta sua gargalhada macabra. Foi aqui que muitos jogadores aprenderam as mais comuns formas de derrotar um chefão: surrar o botão de ataque desesperadamente ou puxar o console da tomada.

6. Torso Boss - Tomb Raider

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLnJlZGQuaXQvMWZ6YWJpb2dneW8zMS5wbmc=

Tomb Raider é uma franquia de sucesso, existindo até nos dias de hoje. Uma coisa é certa, quem conheceu a corajosa personagem Lara Croft nos jogos mais recentes, não faz ideia do quão sinistro e aterrorizante eram os jogos clássicos. Escolher um inimigo dentre todos os primeiros 5 jogos da saga é tarefa complicada, logo no primeiro, lançado em 1996 você já se depara com várias coisas absurdas. Pra começar você coloca o disco no seu console e no MENU principal logo de cara é apresentado uma linda OST. Você dá PLAY no jogo e daí vem aquela maravilhosa (para a época) intro em CGI que mostra um ataque de lobos e tudo mais - e é nesse momento que você começa perceber que alugou um jogo que vai te trazer pesadelos durante meses!

No decorrer da jogatina você controla uma mulher independente por cenários grandes e vazios. Não existe música de fundo, somente os sons dos seus passos - vez ou outra a música sinaliza um combate iminente. Os gráficos de baixa qualidade só ajudam deixar tudo mais sinistro. Ao longo do jogo você enfrenta estranhas criaturas - desde lobos até um poderoso T-Rex, mas nenhum inimigo tão assustador quanto o Torso Boss. O inimigo em questão é o último chefe do jogo, não é o mais difícil, porém sem dúvida nenhuma é o mais assustador - o monstro é um tipo de gigante morto-vivo que te persegue de forma assustadora em cima de uma plataforma pequena, num cenário que mais parece um level de Doom ou Quake enquanto a música de fundo e os barulhos emitidos pelo mesmo só tornam a situação mais tensa.

5. Madman - Bloodborne

IMAGEaHR0cHM6Ly9ibG9vZGJvcm5lLndpa2kuZmV4dHJhbGlmZS5jb20vZmlsZS9CbG9vZGJvcm5lL0R1bmdlb24lMjBNYWRtYW4ucG5n

"O grito agudo do sábio anuncia que avistou outra vítima". Eis que você está explorando uma Chalice Dungeon gerada aleatoriamente em um dos seus altares com oferendas fétidas/pútridas em busca de armas e gemas raras. Você anda cuidadosamente com sua tocha equipada para iluminar o ambiente escuro e macabro, adentra uma porta e saí em uma sala extensa e vazia, quando sem mais nem menos ouve um grito que te deixa de cabelos brancos e vê um vulto pavoroso correndo em sua direção, o que você faz: tem um ataque cardíaco ? GIT GUD? Taca o controle na TV? Tarde demais: YOU DIED. Apesar da aparência triste e miserável, os Madmans são extremamente rápidos, fortes e apresentam movimentos erráticos e desajeitados, tornando o combate (caso houver) bem complicado. Madman, mal pude ver seus movimentos...

4. Happy Mask Salesman - The Legend of Zelda: Majora's Mask

IMAGEaHR0cHM6Ly9leHRlcm5hbC1wcmV2aWV3LnJlZGQuaXQvWE1LRGpqQmpEaUhkbmFFMEpNUkk0b3dCcmN2V3I4aW1NQzJ0MW5kaFc4OC5qcGc/YXV0bz13ZWJwJnM9OTE2Mjk4YzRkMTY2Yjg2NGQyYTU0ZGI2NDMyNzk2Njk2M2UxYTNiMg==

"You've met with a terrible fate, haven't you?"O personagem é apresentado originalmente em Ocarina of Time, mas sua aparição mais famosa acontece em Majora's Mask. Antes de mais nada TLoZ: MM é disparado o jogo mais macabro da franquia, tanto que eu poderia fazer um artigo listando todos os tópicos que comprovam tal fato. Resumindo o máximo possível você controla Link, que parte em busca de Navi, sua amiguinha do jogo anterior. Link esbarra com o sádico Skull Kid em posse da famosa máscara de Majora - que dá poderes ao seu portador e é transformado pelo mesmo em um Dekusinho.

Mais pra frente você descobre que Skull Kid vem aterrorizando uma terrinha chamada Termina e colocou a Lua (só aqui o jogo dá pau em muito jogo de terror que tem por aí) em rota de colisão com a terra, cabendo a você herói, salvar tudo em 3 dias (in game), porém o único jeito de fazer isso é ler a revistinha com o guia completo que seu primo chato tem mas não empresta - já que estamos falando de uma época sem Youtube. Agora vou me limitar a falar do personagem em questão: Por onde começo? Bom, pra começar, existe alguma coisa nele que não seja amedrontadora? Sua expressão facial, seus ataques de raiva caso você tire ele do sério, suas mascaras esquisitas presas na sua mochila e o mais importante: o quanto sabemos sobre ele - nada! Ele surge do nada e diz que tem te seguido sempre. E apesar de nunca abandonar seu posto, de alguma forma ele sempre está ciente de suas ações durante a jogatina. Bizarro né?

3. Psycho Mantis - Metal Gear Solid

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLnl0aW1nLmNvbS92aS9RREplYmpmX0RrUS9tYXhyZXNkZWZhdWx0LmpwZw==

A maioria dos jogadores alguma vez em suas vidas já toparam com um ou mais jogos da magistral saga MGS. Criada pelo visionário Hideo Kojima, a franquia MGS está repleta de easter eggs e tiradas sarcásticas geniais. Eis que você está acostumado com a maioria dos jogos contendo inimigos com IA consideradas normais para os padrões da época, mas de repente aluga um jogo de espionagem em que aparece o nome do criador a cada 5 segundos nos créditos iniciais - e tudo muda! Conforme você consegue avançar na jogatina, percebe cada vez mais que MGS é um jogo fora do comum. Isso fica mais evidente ao topar com o chefão Psycho Mantis: sua aparência não é tão assustadora, entretanto o terror psicológico que ele causa é algo a se discutir.

Mantis consegue entrar na mente do jogador por meio de quebra da quarta parede, discutindo sobre quais jogos você tem jogado (por meio de leitura do memory card), fazendo seu controle se mover pra frente (desde que no chão, por meio do sistema de vibração) e até mesmo fazendo você pensar que sua TV foi desligada por ele. Com isso Mantis por muitas vezes consegue tornar o jogador mais pequeno diante dele! Finalmente um oponente digno!

2. Monster Ock - Spider-Man 2

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmt5bS1jZG4uY29tL3Bob3Rvcy9pbWFnZXMvb3JpZ2luYWwvMDAxLzAwMy81NjkvN2EwLnBuZw==

Mais um jogo infantil onde você, enquanto criança, é pego de surpresa pela aparição de um inimigo terrível. Que o amigão da vizinhança tem lá seus diversificados e poderosos inimigos todo mundo sabe, mas nesse jogo em questão é apresentado a fusão de dois deles: Carnificina + Dr. Octopus = Monster Ock. Não basta a aparência do chefão ser de arrepiar, ele ainda te persegue a toda velocidade enquanto você foge por corredores estreitos cheios de armadilhas e obstáculos, enquanto grita constantemente: Die! Jogadores com ansiedade, fiquem longe dessa fase!

1. Gaunter O'Dimm - The Witcher 3

Slide https://i.ytimg.com/vi/K1NzQxmo-CU/maxresdefault.jpg;;;https://qph.fs.quoracdn.net/main-qimg-1da30a9d9e9d9aa8e2c5c81ea452af0c;;;https://qph.fs.quoracdn.net/main-qimg-9fabacc8581862f6c022447e28dbbccd

"Eu não sou trapaceiro. Eu dou às pessoas o que elas querem, nada mais. Se eles desejam coisas indignas – isso é inteiramente culpa de suas naturezas podres."

Por ultimo e não menos importante, o primeiríssimo lugar vai para ele: Senhor Espelho. Gaunter O'Dim é a mais bem sucedida maneira de se entregar um antagonista épico, convincente e memorável nos videojogos. Na primeira vez que encontramos com ele no início de Wild Hunt, ele indica uma direção pra você se encontrar com Yennefer em sua busca pela adorável e simpática donzela. Em Hearts of Stone, mais uma vez Gaunter se mostra amigável ao oferecer ajuda para Geralt. Fofo né? Só que não. No universo do jogo, Gaunter trata-se de da personificação do "mal", por assim dizer e, apesar de seu jeito dócil, é na realidade extremamente cruel e malicioso e exibe seus poderes sobre as pessoas, matando-as e enganando-as prazerosamente.

Sendo a narrativa um dos pontos fortes de Hearts of Stone, conforme você avança no desenrolar da história, começa a descobrir mais a respeito do antagonista e é nessas pequenas descobertas que o jogo passa a sensação de "head exploding": um dos momentos mais marcantes é quando Geralt e Gaunter se encontram numa estalagem e logo em seguida um bêbado vem importunar o bruxão, fazendo com que o Sr. Espelho perca a paciência e pare o tempo ao bater palmas, podendo conversar sem interrupções. Em seguida, ao ser questionado sobre sua natureza, Gaunter garante a Geralt que não existe alguém que saiba seu verdadeiro nome e que esteja vivo.

Outro detalhe importante é que pros jogadores mais atentos, é possível ver Gaunter disfarçado em certos pontos do jogo, sempre ao fundo te observando e acompanhando sua jornada. Tudo isso somados aos inteligentes enquadramentos das cenas (Gaunter é mostrado sempre em posição/ nivelamento superior em relação Geralt, e isso aumenta conforme você descobre mais sobre o misterioso "homem") e ao mistério que envolve a narrativa estupenda, fazem tornar Gaunter O'Dimm como um dos personagens mais assustadores do universo dos jogos.

Menção honrosa: O Caseiro/ O Cuidador - The Witcher 3: Hearts of Stone

IMAGEaHR0cHM6Ly9hc3NldHMtanBjdXN0Lmp3cHNydi5jb20vdGh1bWJuYWlscy9wNG5jeThhZi03MjAuanBn

A narrativa lenta. A atmosfera sombria. Gatos pretos falantes. Ruídos suspeitos e assustadores. Tudo aqui já dá calafrios até nos jogadores mais corajosos. E eis que você dá de cara com o Caseiro e seu design pra lá de macabro numa das lutas mais difíceis e melancólicas do jogo. Tem que levar pra benzer!

Bom gente, chega ao fim mais um artigo que fiz com muito carinho. Novamente o intuito não é causar guerras de opiniões, mas sim debates legais e amigáveis. Concorda ou discorda com os tópicos do artigo? Diga nos comentários.

Fonte 1: Watchmojo
Fonte 2: Thewitcher
MeuCoraçãoÉ
MeuCoraçãoÉ #PuraMaldade

"Eu sou calmo e meu coração é puro...heheh...meu coração é pura maldade."

Usuário do Site