A compra da Bethesda e ZeniMax Media influenciou o Google a fechar a Stadia Games & Entertainment

A compra da Bethesda e ZeniMax Media influenciou o Google a fechar a Stadia Games & Entertainment

De acordo com ex-funcionários, a empresa notou que seria muito caro manter uma divisão First-Party
#Games Publicado por Billy Butcher, em

Nas últimas semanas, noticiamos e informamos algo que surpreendeu muitos, que o fechamento oficial da divisão de videogames internos da Google, a Stadia Games & Entertainment.

Junto do encerramento da divisão, também fomos informados que suas 2 subsidiárias, Stadia G&E Canada (também conhecida como Typhoon Studios) e a Stadia G&E Los Angeles, foram encerradas, com seus projetos sendo cancelados, os 140 funcionários sendo demitidos, e a vice-presidente dos estúdios, Jade Raymond, também saindo por completo das operações.

O foco, segundo Phil Harrison, chefe do Stadia, é dar enfoque agora aos conteúdos terceiros, jogos Third-Party como um todo, e também em expandir o serviço de game-streaming para o mercado de multimídia, ganhando seus braços na área da Música/Séries/Filmes, apesar de não ter sido explicado direito como isso funcionará.

Nos últimos dias, através de uma seção de Q&A da Kotaku com alguns dos ex-funcionários, foi falado que a Google havia elogiado sua divisão 1 semana antes de ter sido fechada, o que é um pouco estranho. Mas agora é que vem a parte mais bizonha, a aquisição da Bethesda pela Microsoft, de US$ 7,5 Bilhões, também foi um fator para morte da divisão e de seus estúdios.

Mesmo que a associação pareça absurda, não é difícil entender o significado. A Google teria se confrontado com a triste verdade de que para administrar uma plataforma com títulos exclusivos agora, tem de haver investimentos bilionários em muitos anos, portanto, decidiu para parar tudo., transformando o Stadia em um simples serviço terceirizado de jogos, muito mais acessível do ponto de vista de gestão.

Segundo a visão da empresa, gastar bilhões em investimentos arriscados para conteúdo First-Party não é algo positivo, em vista que a saúde atual do Stadia é um tanto questionável, então uma compra como a da Microsoft com a ZeniMax estava fora de questão, sendo um ponto vital para a empresa desistir do negócio de First-Party.

Fonte: every eye
Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.