Blizzard Entertainment oficializa o encerramento da Team 1, criadores de StarCraft, StarCraft II e Heroes of the Storm

Blizzard Entertainment oficializa o encerramento da Team 1, criadores de StarCraft, StarCraft II e Heroes of the Storm

Team 1 da Blizzard teve o seu fim, restando os Team 2, Team 3 e a Vicarious Visions
#Games Publicado por Billy Butcher, em

A editora de videogames Activision Blizzard Inc. deu mais um passo para consolidar o controle sobre a divisão Blizzard Entertainment, que antes se orgulhava de sua autonomia, transferindo um estúdio de design de 200 pessoas para suas fileiras.

O estúdio, Vicarious Visions, era uma subsidiária da Activision desde 2005 e trabalhou em franquias como Guitar Hero, Crash Bandicoot e Tony Hawk. Agora ele se concentrará inteiramente nas franquias da Blizzard, incluindo Diablo, em vez de fazer seus próprios jogos.

A ex-chefe do estúdio da Vicarious Visions, Jennifer Oneal, assumirá um assento na equipe de liderança da Blizzard Entertainment, reportando-se diretamente ao presidente.

A notícia, relatada pela Games Industry, chegou poucas semanas depois que a Blizzard silenciosamente encerrou uma de suas equipes de desenvolvimento interno, de acordo com pessoas familiarizadas com a empresa, o famoso BT1 (Team 1).

A Blizzard, criadora de jogos como World of Warcraft e Overwatch, tradicionalmente desenvolve muitos de seus jogos internamente. Mas, nos últimos anos, o braço editorial da Activision assumiu uma posição mais forte nas operações da Blizzard.

Vicarious Visions, com sede em Albany, Nova York, EUA, tem trabalhado com a Blizzard desde o ano passado na franquia Diablo, incluindo um remake planejado de Diablo II, disseram pessoas familiarizadas com os planos. Eles pediram para não serem identificados discutindo informações privadas.

Um porta-voz da Blizzard se recusou a comentar sobre os projetos atuais da Vicarious Visions, apenas confirmando que o estúdio “está trabalhando com a Blizzard há algum tempo”.

Até o ano passado, o remake de Diablo II foi definido para ser desenvolvido pelo Team 1 da Blizzard, parte do campus da empresa em Irvine, Califórnia, que ficou conhecida por criar a franquia StarCraft, incluindo StarCraft II e suas expansões, StarCraft: Remastered, e também o Heroes of the Storm.

Seu lançamento mais recente, em janeiro de 2020, foi um remake chamado Warcraft III: Reforged. O título foi mal recebido devido a falhas e recursos ausentes, ganhando 59/100 pontos no agregador de análises Metacritic, a pontuação mais baixa que um jogo da Blizzard já obteve.

Os membros da Team 1 se reuniram para discutir o que havia dado de errado. Documentos internos da Blizzard revisados ​​pela Bloomberg identificaram as falhas do jogo em planejamento inadequado, falta de comunicação e lançamento apressado devido à pressão financeira da administração, entre outros fatores.

Por exemplo, a Blizzard anunciou o jogo em Novembro de 2018 e começou a fazer pré-encomendas para 2019 sem informar a maioria da equipe de desenvolvimento com antecedência, de acordo com várias pessoas que trabalharam no Warcraft III: Reforged. A Team 1 queria evitar a repetição dos erros de Warcraft III: Reforged em seu próximo projeto, o Remake de Diablo II.

Logo após a autópsia, no entanto, a Blizzard retirou esse projeto da Team 1 e colocou a divisão por trás de Diablo IV, a Team 3, no comando. Um grupo da Vicarious Visions também está trabalhando no Remake, que ficou conhecido como Diablo II: Resurrected.

Em 15 de Outubro de 2020, a Blizzard informou aos membros da Team 1 que estava reorganizando toda a divisão, de acordo com as pessoas que trabalharam em Warcraft III: Reforged. Nas semanas seguintes, os membros da equipe tiveram a oportunidade de fazer entrevistas para empregos em outros lugares da Blizzard.

Aqueles que não encontravam cargos na empresa foram aos poucos demitidos. Outros foram para estúdios independentes recentemente iniciados por veteranos de empresas de alto perfil, como Frost Giant Inc. e DreamHaven Inc., iniciada pelo co-fundador da Blizzard e ex-CEO, Mike Morhaime, cuja saída sinalizou amplamente o início da aquisição da Activision sobre a Blizzard.

Como falamos, a Team 1 também foi responsável pelos jogos Heroes of the Storm e StarCraft II, considerados grandes aclamações da crítica e jogadores. A Blizzard diminuiu o suporte ao desenvolvimento de Heroes of the Storm em 2018. No mesmo dia em que a Blizzard disse que estava reorganizando a divisão, anunciou publicamente que StarCraft II estava encerrando todo o desenvolvimento em andamento.

A Blizzard prometeu continuar corrigindo e atualizando o Warcraft III: Reforged, provavelmente sob o comando da Team 2, conhecidos por Hearthstone e Overwatch. Um porta-voz não confirmou quem está lidando com o desenvolvimento contínuo do Warcraft III: Reforged, mas disse "ainda estamos comprometidos com atualizações em apoio à comunidade".

Fonte: Bloomberg
Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por DreadnaughtBR,
#Games, Por coca,