Depois de anos, Rockstar finalmente fala sobre o conturbado desenvolvimento e cancelamento de Agent

Depois de anos, Rockstar finalmente fala sobre o conturbado desenvolvimento e cancelamento de Agent

Estava sendo feita pela Rockstar San Diego e Rockstar North
#Notícias Publicado por Evil E., em .

Anunciado na E3 2007 da Sony como um exclusivo do PlayStation 3, Agent é o misterioso projeto que a Rockstar Games e seus estúdios principais, Rockar North e Rockstar San Diego, nunca conseguiram dar vida.

Take-Two, dona da Rockstar Games e editora dos autores de GTA, RDR, e afins, parou de renovar os direitos da marca em 2018 e, portanto, extinguiu as esperanças de ver o jogo em ação mais cedo ou mais tarde.

Apesar das perguntas urgentes de fãs e jornalistas, a Rockstar Games sempre manteve uma certa reserva sobre os motivos que levaram a empresa a deixar de lado o que deveria ter sido seu jogo de espionagem. Graças a uma entrevista publicada pela Game Informer, no entanto, um cenário incrível surgiu em relação ao conturbado processo de desenvolvimento do Agent.

De acordo com o que foi relatado por Luis Gigliotti, o então líder de projeto na Rockstar San Diego, o Agent deveria ter apresentado um hub central representado por uma Washington DC de mundo aberto, de onde poderia então se mover para outras cidades no contexto de missões mais lineares.

Um dos locais exploráveis ​​deveria ser Cairo, capital do Egito. Como nos conta a história, a Rockstar San Diego precisava de material para criar texturas e cenários baseados na cidade, por isso decidiu enviar alguns de seus membros da divisão de arte para fazer uma pesquisa no local.

A partir daqui começou uma descida ao inferno para a Rockstar. Os ingênuos desenvolvedores desconheciam a severidade com que as Forças Armadas egípcias proíbem tirar fotos e gravar filmes de algumas áreas e prédios do país. Após o acúmulo de diversos materiais fotográficos, as autoridades acabaram bloqueando os empreendedores dentro de um hotel, mantendo-os aqui reféns por algum tempo.

Em contato com a embaixada americana, os membros da Rockstar San Diego conseguiram se soltar e correr para o aeroporto para voltar à sua terra natal: Aqui foram parados novamente, acusados de sido pegos com material pornográfico no Cairo (uma ação ilegal no Egito).

Provavelmente foi um mero pretexto das autoridades para deter os desenvolvedores, mas após uma verificação dos arquivos contidos em seus tablets, eles finalmente puderam voltar para casa. Para obter mais detalhes sobre a história, consulte o link oficial da entrevista com a Game Informer.

Os incríveis acontecimentos assustaram tanto os autores que os convenceram a cancelar a viagem que planejavam fazer à Rússia para coletar mais material para o jogo, e então a abandonar definitivamente o projeto (para prosseguir com o desenvolvimento do primeiro Red Dead Redemption, o de 2010).

Mais tarde, o título passou para as mãos da Rockstar North, que, no entanto, não conseguiu apresentar nada de concreto nos anos seguintes, e então, decidiu usar os materiais descartados do jogo em sua próxima obra, Grand Theft Auto V, de 2013.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9ybkpFckw5LmpwZw==

A Sony anunciou Agent na E3 2007 apenas com este logotipo oficial do jogo, e desde então nunca mais ficou-se sabendo do paradeiro do projeto.
Fonte: Every Eye
Evil E.
Evil E. #Evil E.

Um grande fã dos gêneros de Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro