Warner Bros. Games pensou em não levar Mortal Kombat 11 ao Switch por ser violento demais

Warner Bros. Games pensou em não levar Mortal Kombat 11 ao Switch por ser violento demais

A empresa acreditava que o tipo de jogo não faz o perfil de usuários da Nintendo
#Games Publicado por Billy Butcher, em

Mortal Kombat 11 é violento demais para usuários do Nintendo Switch? Um dos executivos da Warner Bros. Games pensou assim quando a equipe de desenvolvimento apresentou o jogo ao fabricante.

Capaz de totalizar vendas de 8 milhões de cópias em todas as plataformas, Mortal Kombat 11, portanto, arriscou não pousar no console híbrido japonês, de acordo com relatórios de Scott Hawkins, chefe da equipe de relações com desenvolvedores da Nintendo of America.

"Quando a Warner Bros. Games recebeu a primeira versão jogável do Mortal Kombat 11 para o Nintendo Switch, fui encontrar a equipe no sul da Califórnia", disse Hawkins durante um discurso no BIG Digital 2020.

“Um dos executivos que estava me mostrando o jogo olhou para mim e disse: 'Scott, você tem certeza que a Nintendo quer este título no Switch?' Ao que eu respondi: 'Sim, nós absolutamente queremos isso'. "

“Ele estava preocupado porque era um jogo muito violento, longe da filosofia da Nintendo, mas depois de verificar as vendas do primeiro mês, que o viu pela primeira vez na classificação, percebemos que mesmo no Switch há público para este tipo de produtos.''

Mortal Kombat 11 já está disponível no Xbox One, PC, Switch, e PS4. Chegará em 10 de Novembro de 2020 nos Xbox Series X|S, e em 19 de Novembro de 2020 no PS5.

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro