Seria necessário a Netflix desembolsar US $600 milhões para isso acontecer
Publicado por Billy Butcher, em .
Surgiram rumores nas últimas horas de que o próximo filme de James Bond, 007: Sem Tempo Para Morrer, deixará de ser lançado em salas de cinema para chegar diretamente através de streaming.

O longa já sofreu alguns adiamentos devido a pandemia de coronavírus, sendo o mais recente deles movendo a data provisoriamente para abril de 2021, com risco de uma nova mudança.

Segundo o Binged, o estúdio estaria considerando a ideia justamente porque ainda não há previsão de reabertura de grande parte dos cinemas pelo mundo, principalmente nos EUA.

A MGM Studios emitiu um comunicado que foi repassado pela Microsoft Pictures, dona da marca, dizendo que:

“O filme não está à venda. O lançamento do filme foi adiado até abril de 2021, a fim de preservar a experiência cinematográfica para o público.”

No entanto, fontes do Collider informam que a Netflix e a Apple TV+ seriam as principais concorrentes na disputa pela exibição, e o suposto valor estipulado pela Microsoft e Danjaq para a venda é de 600 Milhões de dólares.

007: Sem Tempo Para Morrer custou cerca de 250 milhões de dólares em sua produção (MGM Studios e Universal Pictures), sem contar os valores gastos com marketing (Microsoft Pictures). US $600 milhões seriam o necessário para que o estúdio consiga arcar com todos os custos e não ter prejuízo.
Evil E.
Billy Butcher #Evil E.
Um jogador casual que aprecia o gênero de Ficção-Científica, Ação-Aventura e Espionagem.

Minha franquia favorita é Metal Gear Solid, acompanho ela desde o primeiro jogo (MGS) de 1998, além de ser amante das sagas Halo e StarCraft.
Moderador do Site, 25 anos, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.