Com o jogo já platinado e começando um segundo playthrough
Publicado por Char, em .
Assassin’s Creed Origins foi a primeira tentativa da Ubisoft de reinventar a série Assassin’s Creed, com a nova abordagem da franquia provando ser um sucesso tanto nas críticas quanto nas vendas. Apesar do lançamento de Assassin’s Creed Odyssey e da estréia de Assassin’s Creed Valhalla, uma jogadora de 63 anos ainda está dedicando muitas horas ao Assassin's Creed Origins, focado no Egito.

A usuária do Twitter, Lone Gamer, postou um clipe de sua mãe curtindo o jogo, com a jogadora no início de sua segunda jogatina da longa jornada de Bayek. Com sua mãe já completando o jogo uma vez e até mesmo recebendo o troféu de platina por AC Origins, ver a dedicação para começar mais uma jogatina do enorme RPG é impressionante. Talvez Asssassin’s Creed Valhalla, que acabou de entrar em estado gold, faça com que ela experimente outro jogo de AC - embora ela certamente pareça satisfeita com o AC Origins.

AC Valhalla contará com mecânicas introduzidas pela primeira vez em Origins, como uma jogabilidade mais pesada de RPG, como diálogos e segmentos focados na protagonista moderna de Assassin's Creed, Layla Hassan. Será interessante ver se a mãe de Lone Gamer segue para o jogo focado em Viking ou permanece com Origins, mas independentemente, ver um jogador mais velho em ação é sempre divertido. A de 63 anos é claramente uma grande fã, considerando que ela atingiu 100% de conclusão em sua primeira jogatina, supostamente totalizando mais de 200 horas.

Com a discussão recente sobre Assassin’s Creed Origins sendo principalmente negativa devido à decisão de reduzir o papel do protagonista secundário Aya, é bom ver alguém apreciando as qualidades positivas do jogo. Com AC Origins introduzindo muitos dos elementos que foram aprimorados em AC Odyssey e, com sorte, aprimorados ainda mais em AC Valhalla, Origins continua sendo um jogo importante e influente para a série Assassin’s Creed.

Minha mãe de 63 anos está jogando Assassin’s Creed Origins novamente. Esta será sua segunda jogatina. Ela bateu mais de 200 horas na primeira vez e ganhou um troféu de platina. Nada mal para quem não joga um jogo de console desde Mario no NES.


Com mais de 200 horas jogadas e uma segunda jogatina iniciada, a mãe de Lone Gamer parece alguém que não se importaria de Assassin’s Creed nunca mais retornar às suas raízes. Considerando que a jogadora supostamente não tocou em um jogo de console desde que jogou Mario no NES, AC Origins deve ter feito algo certo para chamar a atenção da mãe de Lone Gamer.

A situação lembra muito a da amada jogadora de Animal Crossing, de 88 anos, que fez centenas de horas em New Leaf. Ambos os exemplos de pessoas mais velhas jogando são divertidos e comoventes, e é bom ver a mãe de Lone Gamer mostrando que existem jogadores de todas as idades.
-Funky-
Char #-Funky-
赤い彗星のシャア。
Moderador do Site, 26 anos, Principality of Zeon
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.