Desenvolvedor diz que não recebeu dev kit para lançar Football Manager 2021 no PlayStation 5

Desenvolvedor diz que não recebeu dev kit para lançar Football Manager 2021 no PlayStation 5

Desenvolvedor diz que não recebeu dev kit para lançar Football Manager 2021 no PlayStation 5

"Falamos com a Sony, não temos dev kits."
Publicado por Catos, em .

A Sports Interactive anunciou que Football Manager 2021 terá versões para os consoles Xbox, incluindo o Xbox Series S e Xbox Series X o que, nada de admirar tendo em conta o atual estado da indústria, gerou uma imensa discussão sobre o porquê dos consoles PlayStation ficarem de fora.

Ao invés do foco ir para o anúncio do jogo, as atenções centraram-se na ausência de versões para o PS4 e especialmente o PS5, algo que parece ter uma resposta muito simples. Ao contrário do que a Microoft fez, a Sony não mostrou interesse em ter o jogo no seus consoles e a Sports Interactive nem dev kits PlayStation tem para desenvolver essas versões.

Miles Jacobson, patrão da SI, decidiu responder às críticas que receberam após o anúncio e explicou que não se trata da Microsoft ter pago por exclusividade, especialmente porque existirá uma versão Nintendo Switch. A Microsoft simplesmente fez um esforço para ajudar a Sports Interactive e mostrou interesse.

"Estão me perguntando muito por isto, vou me meter em sarilhos por responder. Os nossos amigos no Xbox passaram anos a pedir-nos para voltarmos aos seus consoles. Foi assim que FM19 e FM20 chegaram ao gamepass perto do final do ciclo de vida e como FM21 chegará ao Xbox One, Series X/S," diz Jacobson.

No entanto, "a Sony não o fez", acrescentou.

Este comentário gerou muita discussão e Jacobson viu-se novamente forçado a explicar o porquê da Sports Interactive não conseguiu fazer tudo sozinha e precisar da ajuda, permissão até, da Sony para converter o jogo para o PlayStation.

"Bem, basicamente, a Microsoft abordou-nos para ter os nossos jogos na sua plataforma, enquanto a Sony não. As plataformas têm bloqueios," explicou.

Num outro comentário, Jacobson disse que a Sports Interactive falou com a Sony, mas não recebeu um dev kit do PS5, algo que seria essencial para colocar jogos no console.

"Para criar jogos para uma plataforma, precisa de um dev kit," explicou Jacobson nessa mensagem. "Para ter um dev kit, a dona da plataforma precisa querer o jogo nessa plataforma. Falamos com a Sony, não temos dev kits. Falamos com a Microsoft, enviaram-nos para nós."

Jacobson acrescentou ainda que isto poderá ser simplesmente uma questão relacionada com a quantidade de dev kits disponíveis e que a Sony preferiu disponibilizar dev kits do PS5 para outros estúdios e jogos.

Para os que questionaram a versão do Nintendo Switch, Jacobso explicou que a Nintendo pediu à Sports Interactive para desenvolver jogos para o seu console, mostrou o hardware em desenvolvimento, receberam dev kits a tempo e trabalharam em conjunto. Algo que o Xbox também fez, ao contrário da Sony.

O patrão da Sports Interactive disse ainda ao Eurogamer que trabalharam com a Sony no PSP e PS Vita, existindo um grande poder do lado da fabricante da plataforma para decidir quem desenvolve jogos para o seu console.

"Portanto, tendo em conta que temos um acordo com a Microsoft, enviaram-nos o hardware necessário. Não temos um acordo com a Sony, por isso não temos da parte deles o hardware necessário. Pessoalmente, reservei os dois consoles porque existem jogos incríveis que quero jogar em cada um deles."
Catos
Catos
Usuário do Site, 29 anos, Goiânia
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.