Quer contar uma história realística e humana
Publicado por Billy Butcher, em .
No folclore por trás da cultura japonesa, abundam elementos fantásticos que deram o salto para expressões artísticas, como cinema ou videogame.

Durante a demo de Ghost of Tsushima na semana passada, houve alguns vislumbres de fantasia, na forma de animais-guia e até brisa do vento com um papel na mecânica do jogo. No entanto, durante sua entrevista multimídia nesta semana, Jason Connell, diretor artístico da Sucker Punch, destacou o realismo como o pilar conceitual do jogo.

"O que queríamos fazer não era necessariamente um jogo histórico, embora tenha sido certamente a inspiração de que veio, mas um jogo com uma história humana, desembarcado, focado em um samurai, uma única pessoa que precisa passar por muitos sacrifícios."Connell esclareceu, mas não antes de reconhecer que o cinema japonês era uma referência importante e, nele, a fantasia é abundante.

"Esses são os pilares da história, eles são os pilares do drama e não queremos afetá-los com elementos do folclore ou fantasia que se afastam da história humana e, como eu disse, essa também é uma das maneiras de nos distinguir", acrescentou.


Clique para ver a imagem em tamanho original

Lembre-se de jogos como Nioh ou Okami para encontrar expoentes fantasiosos do folclore japonês nos videogames. Connell catalogou esses tipos de jogos como surpreendentes, mas como ele bem menciona, Ghost of Tsushima faz parte de um evento histórico real que é a invasão mongol do Japão durante a segunda metade do século XIII.

Entre as descobertas desta semana, surgiram alguns jogos que serviram de molde para Ghost of Tsushima, sua duração, sua estrutura jogável, entre outros detalhes.

O exclusivo para PlayStation 4 será lançado em 17 de julho de 2020.
Evil E.
Billy Butcher #Evil E.
Um jogador casual amante do gênero Stealth e Ficção Científica.

Minha franquia favorita é Metal Gear Solid, amo ela de paixão, desde os personagens quanto a sua narrativa.
Colaborador do Site, 24 anos, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.