''Precisamos abandonar essa ideia de sigilo''
Publicado por Char Aznable, em .
A Nintendo é uma empresa que se orgulha de ter novas ideias e inovar sempre que possível - tanto em termos de hardware quanto de software.

No entanto, vale a pena notar que nem sempre foi assim. Antes do lançamento de Donkey Kong - o primeiro sucesso genuíno da empresa na área de videogames -, era um prazer clonar o trabalho de outras pessoas para conquistar uma fatia do mercado. Como muitas outras empresas, a Nintendo lançou seu próprio Space Invaders, de Taito, chamado Space Fever, e também lançou versões domésticas do Pong da Atari. Pasmem, ele ainda tinha sua própria cópia de Lego antes de entrar na área de jogos.

O presidente da Nintendo, Hiroshi Yamauchi, chegou à TV japonesa em 1979, afirmando que achava que todas as empresas de videogame deveriam compartilhar livremente conceitos de jogos e copiar as ideias umas das outras para garantir que a indústria permanecesse o mais forte possível.

Falando à emissora de televisão NHK (via Kotaku), Yamauchi - que ironicamente mais tarde sonharia com medidas draconianas para garantir que o controle da Nintendo no mercado de console doméstico não pudesse ser desafiado pelos concorrentes - disse:

Não há como patentear uma maneira de jogar. Olha, se alguém tem inclinação e tempo, pode copiar qualquer coisa. Não há maneira de contornar isso. Portanto, devemos abandonar essa maneira de pensar e todos devem lançar seu software abertamente, para o crescimento da indústria de diversões como um todo. Dessa forma, mesmo que, digamos, Space Invaders diminua em popularidade, os jogos de computador continuarão a crescer. Precisamos abandonar essa ideia de sigilo e considerar reunir todos os nossos recursos para fazer crescer o setor. Esse é o ideal.

É vital lembrar que a indústria de videogames era um lugar muito diferente quando Yamauchi pronunciou essas palavras. No final dos anos 70, havia muito poucas ideias de jogos; a tecnologia era tão básica que limitava o que os designers podiam imaginar. A Nintendo certamente não era a única empresa que estava clonando o trabalho de outras pessoas; era uma prática comum, e a visão de Yamauchi de uma indústria fortalecida por meio do compartilhamento de ideias talvez se baseasse no medo de que os jogos se mostrassem uma moda passageira.

Ainda assim, deixando de lado o contexto, é interessante ouvir o homem que presidiu a ascensão da Nintendo ao topo da área de videogames dizer que ele está bem em copiar o trabalho de outros; Yamauchi certamente não se ateve a essas palavras quando Donkey Kong e Mario transformaram a sorte da empresa alguns anos depois.
-Funky-
Char Aznable #-Funky-
ーシャア・アズナブル、赤い彗星。
Usuário do Site, 26 anos, Principality of Zeon
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.