Foi o penúltimo jogo da franquia sendo desenvolvido pela Kojima Productions
Publicado por Billy Butcher, em .
Há 10 anos, o Metal Gear Solid: Peace Walker foi lançado mundialmente, marcando a primeira entrada original verdadeira na franquia tática de ação e espionagem com alta qualidade num Portátil.

Embora tenha havido várias tentativas no passado de criar títulos portáteis de Metal Gear, nenhuma é comparável à prequel triunfante e subvalorizada que lançou as bases para a geração final de histórias a serem apresentadas na icônica série furtiva da Konami de uma das os maiores visionários da indústria.

Clique para ver a imagem em tamanho original

Apesar de ser a primeira entrada não numerada da linha principal, o Peace Walker foi realmente o primeiro passo significativo para o inevitável, porém inimaginável, final da Metal Gear Saga de Kojima e uma era histórica de sua empresa Kojima Productions.

Peace Walker incorporou um dos pontos mais intrigantes da franquia Metal Gear em sua história, um ponto de virada desencadeado por um lançamento prematuro de um título ambicioso em uma plataforma portátil em declínio, cujo desenvolvimento impactou fortemente o futuro.

Contar uma história com novos personagens divididos por capítulos e diálogos que poderiam ser pausados ​​para as conveniências de viagem era a chave para fornecer um título de console que pudesse funcionar de acordo com uma programação portátil adaptável ao jogador.

Clique para ver a imagem em tamanho original

A narrativa teve uma grande parte do elenco recorrente de personagens apresentados nas missões de Big Boss em Metal Gear Solid 3: Snake Eater e Portable Ops.

Enquanto vários personagens poderiam retornar como Eva e Zero, os fãs da série precisariam pesquisar minuciosamente o jogo para encontrar essas referências e aparições em gravações de fita cassete desbloqueáveis.

Metal Gear Solid: Peace Walker já está disponível no Xbox One, Xbox 360, PSP e PS3.
Evil E.
Billy Butcher #Evil E.
Um jogador casual que aprecia o gênero de Ficção-Científica, Ação-Aventura e Espionagem.

Minha franquia favorita é Metal Gear Solid, acompanho ela desde o primeiro jogo (MGS) de 1998, além de ser amante das sagas Halo e StarCraft.
Colaborador do Site, 24 anos, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.