Publicado por Zarakk, em .
Clique para ver a imagem em tamanho original


O Xbox Series X entra na próxima geração com um conjunto de avanços, um dos focos é centrados na velocidade. O próximo console doméstico da Microsoft é, sem dúvida, mais rápido que os antecessores, seja o CPU Zen 2, desempenho de ponto flutuante de 12TF ou a configuração personalizada da unidade de estado sólido NVMe. Isso se une à Arquitetura de velocidade do Xbox, combinando o hardware do Xbox Series X com o know-how, conhecimento, de software de Redmond.

A Microsoft enquadra a "Xbox Velocity Architecture" como um componente fundamental do Xbox Series X, composto por hardware e software, preparado para "desbloquear novos recursos nunca antes vistos no desenvolvimento de console". Além do marketing, o apelido refere-se a uma nova arquitetura projetada para o Xbox Series X, simplificando o armazenamento e o processamento no console
O Velocity Architecture melhora a maneira como o Xbox Series X carrega ativos de jogos do armazenamento, conhecido como fluxo de ativos, reduzindo o espaço que esses ativos ocupam na unidade. A solução enfrenta dois desafios principais que os títulos modernos enfrentam, com tamanhos de instalação em rápido crescimento e mais exigentes em termos computacionais do que nunca. O resultado é uma espinha dorsal para suportar jogos complexos da próxima geração, além de reduzir o tempo de carregamento.


Clique para ver a imagem em tamanho original


Levando o Xbox Series X além do SSD


A arquitetura de velocidade do Xbox pode parecer complicada para o jogador comum, mas é melhor compreendida quando dividida em apenas alguns componentes fundamentais. A Microsoft descreve a tecnologia como o culminar de quatro módulos cruciais, com dois componentes de hardware personalizados dentro do Xbox Series X, com software para complementar.

O novo SSD personalizado da Microsoft é central para a Velocity Architecture no Xbox Series X, adotando uma solução NVMe interna, fornecendo velocidades não vistas nas gerações anteriores. Isso fornece taxa de transferência bruta de E / S de 2,4 GB / s - ou 4,8 GB / s compactados, ativados por um bloco de descompressão personalizado. Comparado aos 120 MB / s oferecidos pelo Xbox One X, a matemática rápida revela que até 40 vezes o aumento pode ser uma realidade.

O bloco de descompactação de hardware desempenha um papel vital, permitindo que os jogos consumam menos espaço via compactação no SSD. Esse hardware é dedicado para lidar à descompressão em tempo de execução, mantendo os jogos funcionando sem problemas, sem dar mais trabalho à CPU.Ele usa o Zlib, uma biblioteca de compactação de dados de uso geral e um novo sistema misterioso chamado "BCPack", voltado para texturas de GPU.

Também temos o DirectStorage, baseado no DirectX, que visa reduzir ainda mas as cargas de trabalho da CPU. A nova API criada pela Microsoft busca otimizar a eficiência do streaming de ativos do Xbox Series X, com planos de expansão para dispositivos Windows no futuro. Isso combina com o Sampler Feedback Streaming (SFS), simplificando o uso da GPU e carregando apenas partes das texturas exigidas por uma configuração. Ambos fornecem soluções de software que aprimoram a eficiência dos jogos no Xbox Series X, aproveitando ao máximo os ganhos de CPU e GPU.


Clique para ver a imagem em tamanho original

O que a Arquitetura de Velocidade do Xbox significa para você?


Então, o que a Arquitetura de Velocidade do Xbox significa para você e seus jogos? A Microsoft já discutiu o impacto esperado em jogos de mundo aberto, com seus grandes ambientes e variáveis ​​preparados para esses ganhos de processamento.

"A CPU é o cérebro do nosso novo console, e a GPU é o coração, mas a Arquitetura de Velocidade do Xbox é a alma", afirmou Andrew Goossen, técnico da Xbox Series X da Microsoft via Xbox Wire . "A Arquitetura de Velocidade do Xbox é muito mais rápida do que nos últimos tempos. É uma das partes mais inovadoras do nosso novo console. Trata-se de revolucionar como os jogos podem criar mundos muito maiores e mais atraentes".


Clique para ver a imagem em tamanho original


A Microsoft fornece exemplos de jogos nessas categorias, incluindo Final Fantasy XV, Assassin's Creed Odyssey e Red Dead Redemption 2. Esses títulos eram notórios por longas telas de carregamento inicial, às vezes levando alguns minutos para começar. E para jogos que mascaram o carregamento mais lentos, sejam elevadores ou corredores, o Xbox Series X pode oferecer liberdade criativa adicional para evitar essas limitações.
Zarakk
Zarakk
Colaborador do site
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.