Publicado por Frocharocha, em .
Clique para ver a imagem em tamanho original


Não demorou muito tempo para que as primeiras contas hackeadas do Disney+ tenham sido colocadas à venda na Internet. Poucas horas depois de a plataforma ter sido lançada, já se encontravam disponíveis para compra milhares de contas em vários fóruns e sites na dark web.

Algumas destas contas estão mesmo a ser fornecidas gratuitamente aos utilizadores, ou por preços que podem variar entre 3 a 11 dólares. Segundo o portal ZDNet, a tendência tem vindo a crescer e a um ritmo bastante elevado, que chega mesmo a surpreender.

Não existem dúvidas que a popularidade da plataforma também atrai mais para a venda destes conteúdos, mas o ritmo em que novas contas tem sido colocadas para venda é cada vez maior


Clique para ver a imagem em tamanho original

Apesar de as primeiras horas do serviço disponível na Internet terem sido algo controversas, sobretudo por vários problemas no acesso à plataforma, também surgiram vários casos de contas que foram rapidamente hackeadas e os dados modificados. Nas redes sociais os casos multiplicam-se, com utilizadores a reportarem com bastante consistência que as suas contas foram hackeadas e os dados de acesso modificados.

Na grande maioria dos casos as contas hackeadas terão sido roubadas com recurso a malware instalado nos sistemas dos utilizadores, ou então por estes terem utilizado dados de acesso idênticos aos de outras plataformas, e que estariam à partida comprometidos.


Clique para ver a imagem em tamanho original

Mas seja como for, o ritmo em que as contas tem vindo a ser disponibilizadas para venda é verdadeiramente surpreendente. Cerca de uma hora depois de o serviço ter ficado disponível já se encontravam disponíveis para venda as primeiras contas roubadas.
Frocharocha
Frocharocha
Colaborador do site, 40 anos, São Paulo
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.