.

Apenas 53% dos sites governamentais são seguros, diz relatório

Enviado por kreiton2019, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


De acordo com uma investigação recente da provedora DigiCert, apenas 53% dos domínios .gov do Brasil (ou 10.551 sites), têm um certificado digital TLS/SSL. Isso significa que os dados de milhões de cidadãos que transitam pela internet não são criptografados e podem estar vulneráveis a hackers mal-intencionados ou outras pessoas que desejam interceptar dados confidenciais enviados em texto não criptografados.

O TLS/SSL de alta garantia e outros certificados digitais oferecem a certeza de que o site que você está visitando foi examinado de acordo com os requisitos globais das autoridades de certificação e garante a criptografia das informações que por ali trafegam. Dessa forma, o usuário tem uma maneira melhor de saber que o site que deseja visitar é legítimo, além de dar aos proprietários de páginas da web a possibilidade de estarem melhor protegidos contra impostores, exigindo no registro da CAA que sejam emitidos certificados OV ou EV apenas em suas propriedades digitais.

Tal qual outras empresas, o governo também precisa e deve estabelecer objetivos específicos e políticas bem pensadas para buscar a segurança e ser ágil para superar novas ameaças. Entre as proteções básicas e essenciais de segurança que o governo brasileiro pode oferecer a seus cidadãos, é exigir certificados TLS para todos os sites acessíveis ao público, como outros governos fizeram.

"É importante que governos de todo o mundo implementem boas práticas e medidas para mitigar riscos; Aspectos como saber com quem você está se conectando online são tão importantes quanto os dados que você envia quando criptografado", disse Manuel Pavón, gerente de conta para as Américas, da DigiCert.

Estados Unidos dão o exemplo


A segurança digital é ameaçada diariamente por criminosos, terroristas e inimigos estrangeiros. Diante das crescentes ameaças, os países têm a responsabilidade de fazer sua parte, para garantir que o país tenha a melhor segurança cibernética do mundo.

Um exemplo é o governo federal dos EUA, que implementou uma Estratégia Cibernética Nacional em 2018, na qual o país identificou as etapas necessárias para proteger os Estados Unidos contra ameaças cibernéticas e fortalecer suas capacidades no ciberespaço. Todos os sites publicamente acessíveis do governo federal dos EUA precisam usar certificados TLS para proteção https.
kreiton2019
Enviado por kreiton2019
Membro desde
label