Publicado por Ed3r, em .
Clique para ver a imagem em tamanho original



Uma ação da Polícia Federal do Rio de Janeiro, sob comando da Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio (Delepat), efetuou a prisão em flagrante do gerente da unidade dos Correios de Curicica, na Zona Oeste da cidade. Ele foi preso na porta da agência no último sábado (14). De acordo com as investigações, ele teria subtraído mais de 200 objetos, entre celulares, relógios e muitos outros produtos. A soma do prejuízo é de mais de R$ 400 mil.

Segundo os policiais que investigavam o caso há algum tempo, os furtos ocorriam principalmente aos sábados, por conta da maior facilidade, já que havia menos funcionários trabalhando no local e o movimento de clientes era significativamente menor. O mais curioso é que a unidade não conta com câmeras de vigilância.

Os Correios afirmam que a conduta do empregado é inaceitável e está dissociada dos valores e padrões defendidos pela companhia. Eles dizem, ainda, que a empresa está colaborando com as autoridades e que foi instaurado um processo administrativo disciplinar.


Clique para ver a imagem em tamanho original


No momento da prisão, o gerente da agência carregava alguns objetos furtados, como telefones celulares, equipamentos eletrônicos e roupas. Na foto divulgada pela Polícia Federal, é possível identificar celulares da Samsung, como os Galaxy A30 e A50, além de um Xiaomi Redmi 7A, Moto G7 Plus, Amazon Fire TV Stick e até um iPad.
Ed3r
Ed3r
Colaborador do site, 39 anos, São paulo
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.