.

Relembre as maluquices do marketing de Hideo Kojima

Enviado por Catos, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


Hideo Kojima é o tipo de desenvolvedor que não aplica sua criatividade apenas nos seus jogos, mas também no marketing em torno dos projetos.

Ele gosta de ficar encarregado de praticamente tudo ao desenvolver um game, sendo responsável por editar o trailer, montar os pôsteres, elaborar os anúncios e por aí vai.

Como era de se esperar, as ideias malucas de Kojima também apareceram em várias de suas jogadas de marketing, que foram desde um trailer falso até um anúncio codificado.

Para relembrar essas peculiaridades que saíram da mente do desenvolvedor, listamos cinco vezes em que ele decidiu "brincar" com a publicidade de seus jogos!

Trailer falso de Metal Gear Solid 2


O primeiro Metal Gear Solid, lançado em 1998, fez um tremendo sucesso no primeiro PlayStation.

Quando uma sequência foi anunciada, os jogadores já estavam animados para controlar Snake mais uma vez, mas ninguém sabia que Kojima tinha planos bem diferentes para a continuação.

Foi durante a E3 2000 que Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty ganhou o seu primeiro trailer, que dava uma amostra da história e do gameplay. Nele, Snake aparecia como o protagonista - só que nem tudo ali era, de fato, verdade.

Quando o jogo foi lançado, os jogadores descobriram que o trailer era falso. Não era Snake o protagonista, mas sim um personagem inédito chamado Raiden, que todos viriam a conhecer como o filho adotivo de Solidus Snake.




No trailer, o que Kojima fez foi substituir Raiden por Snake nas cenas em que ele aparece, além de adicionar cutscenes e momentos em que não dava para ver o rosto do protagonista.

Os jogadores até repararam depois que, nas partes em que a mira é focada, a mão enluvada que segura a arma é de Raiden, não Snake. Então havia algumas pistas escondidas por ali, mas ninguém percebeu até o lançamento. Quem diria que não poderíamos nem mesmo confiar em um trailer?!

The Phantom Pain e o estúdio Moby Dick


The Phantom Pain foi um jogo anunciado pela Moby Dick Studio, uma desenvolvedora estreante da Suécia, durante o evento da Spike Video Game Awards em 2012. No entanto, nada disso era verdade.

O game era nada menos do que Metal Gear Solid V sendo apresentado por meio de um anúncio codificado de Hideo Kojima, que havia deixado algumas pistas para os fãs no trailer.




A maioria delas eram semelhanças entre alguns personagens e detalhes da franquia de Metal Gear, como o protagonista ter a mesma cicatriz de Snake e os inimigos usarem os mesmos equipamentos.

A principal pista deixada eram traços misteriosos no logo de The Phantom Pain que, se traçados do jeito certo, formavam a frase "Metal Gear Solid V". Veja:


Clique para ver a imagem em tamanho original


Os fãs não demoraram para descobrir tudo e, em poucos dias, teorias inundaram os fóruns de games. A jogada provavelmente era para chamar a atenção dos jogadores. Definitivamente conseguiu.

Entrevista com Mody Dick Studios


Os fãs já tinham desvendado, mas demorou até Hideo Kojima abrir o jogo de que The Phantom Pain era o quinto título da franquia Metal Gear Solid.

A "brincadeira" subiu mais um nível quando o CEO da Moby Dick Studios, um homem misterioso chamado Joakim Mogren, cedeu uma entrevista para Geoff Keighley, o atual apresentador da TGA.

No bate-papo, o "desenvolvedor" apareceu com o rosto vendado e não respondeu as perguntas, mas acabou mostrando algumas artes conceituais que revelaram o logo da Fox Engine, o motor usado pela Konami.

A outra dica, também dada pela entrevista, era que "Joakim" é um anagrama para "Kojima".




A verdadeira revelação de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain acabou acontecendo durante a GDC 2013.

Pôster espelhado de Ground Zeroes


Em 2012, Kojima estava promovendo Metal Gear Solid: Ground Zeroes, um game que, a princípio, todos acreditavam ser o quinto título da franquia.

Um pôster, em específico, chamou a atenção dos fãs por estar espelhado, invertendo a cicatriz no rosto de Snake e uma frase com os dizeres: "Da FOX, dois fantasmas vão nascer".


Clique para ver a imagem em tamanho original


Tudo isso só viria a fazer sentido para os fãs, um ano depois, com o anúncio de The Phantom Pain.

Quando ainda todos estavam tentando desvendar o mistério da Moby Dick Studios, algumas pessoas lembraram do pôster espelhado, que avisava que "dois fantasmas" estavam a caminho.

Isso fez com que a ideia de que The Phantom Pain era Metal Gear Solid V fosse reforçada, além de surgir a teoria de que teria alguma ligação com Ground Zeroes - o que acabou sendo confirmado, o game se tratava de uma espécie de prelúdio do outro.

O primeiro anúncio jogável da história


Já sabemos que Kojima não se contenta em anunciar seus jogos do jeito "normal". O desenvolvedor gosta de chamar a atenção e, com suas ideias inusitadas, acaba fazendo história na indústria.

Silent Hills, apesar de ter sido cancelado e engavetado, foi um desses. O jogo foi anunciado por meio de um teaser jogável - algo que ninguém tinha visto até então.

A demo se chamava apenas de "P.T.", uma sigla para "playable teaser", e ninguém sabia do que se tratava. Kojima até inventou outro estúdio fictício, desta vez chamado 7780s Studio, para lançá-lo e manter o mistério.

O teaser era uma espécie de looping, no qual o jogador precisava atravessar o mesmo corredor várias vezes enquanto ouvia no rádio uma história sobre o assassinato de uma família.

Chegar até o fim, no entanto, era difícil. Perto do final, enigmas envolvendo o choro do bebê e o toque do telefone surgiam e era complicado superá-los.

Aqueles que conseguiam eram recompensados com o verdadeiro teaser. Ele revelava que, na verdade, era um jogo da franquia Silent Hill de Hideo Kojima, que estava sendo desenvolvido em parceria com o cineasta Guillermo Del Toro e o ator Norman Reedus.




Mesmo sem o lançamento, o P.T. acabou se tornando um marco na indústria e influenciando vários jogos e também é lembrado por muitos jogadores até hoje que ainda lamentam o seu cancelamento.
Catos
Enviado por Catos
Membro desde
28 anos, Goiânia
label
1569088493