.

Co-fundador da Alienware deixa a Dell para assumir cargo na AMD, aponta rumor

Enviado por Catos, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


Um rumor "semi-confirmado" está fazendo as voltas na comunidade dos PC Gamers: Frank Azor, co-fundador e um dos rostos mais conhecidos da marca Alienware de laptops de alto desempenho, pertencente à Dell, deixará a empresa no dia 3 de julho para assumir o novo cargo de Chief Gaming Officer (CGO) na AMD, uma função supostamente criada para ele.

O "semi" no parágrafo anterior remete ao fato de que a saída de Azor da Dell já é certa: o próprio já enviou uma carta de despedida aos funcionários, agradecendo pelos últimos 21 anos de trabalho em que esteve à frente da Alienware, bem como supervisor das divisões de gaming e XPS da Dell. A parte da AMD é que ainda carece de confirmação, já que nem Azor, nem Dell, muito menos AMD comentaram qualquer coisa. As informações sobre o destino do executivo são do site Wccftech.

Se os rumores se confirmarem, Azor deverá responder diretamente a Sandeep Chennakeshu, recentemente empossado vice-presidente mundial, responsável pelas partes de computação e gráficos da AMD.


"O construtor e criador em mim está pronto para o próximo desafio", disse Azor em mensagem aos funcionários que foi compartilhada com fãs da Alienware. "Há pouco mais de 21 anos, eu conheci um par de lunáticos que tiveram uma ideia que chamaram de 'Alienware'. Quando me mostraram sobre a empresa que eles queriam construir, eu pensei comigo mesmo, 'Esse seria o emprego mais legal do mundo'. Eu estava certo, mas nenhum de nós sequer sonhou com a marca chegando tão longe - um resultado direto de vocês, seu trabalho duro e paixão".


A carta continua: "Nós ganhamos a confiança de milhões de consumidores e os corações e mentes de milhões de fãs. Juntos, construímos a melhor marca de jogos da indústria, apoiada por uma comunidade apaixonada, produtos incríveis, campanhas empolgantes de marketing, parcerias atraentes, conversas engajadoras com a imprensa e clientes, relações vitalícias e milhares de prêmios. Trabalhamos pra caramba e sempre nos divertimos. Estou muito orgulhoso do que construímos juntos. Nossos negócios em gaming e consumo premium estão em destaque no mercado e são uma prioridade para a Dell".

Em outubro de 2018, Azor afirmou publicamente que a divisão de jogos da Dell tinha atingido valoração comercial de US$ 3 bilhões. A sua saída da empresa agora é sinérgica com o bom momento vivido pela AMD: a empresa fabricante de placas de vídeo e componentes para o mercado de jogos eletrônicos assegurou parcerias que lhes conferem presença física nos consoles da próxima geração - "PlayStation 5" e "Project Scarlet" (nomes ainda a confirmar) -, além do Stadia, da Google. Mais além, a próxima geração de MacBooks contará com placas de vídeo da AMD.

Isso, sem mencionar a iminente chegada da família de chipsets de processamento Ryzen 3000, que a AMD promete ser igual ou superior aos mais avançados modelos da concorrente Intel. A nova linha chega em 7 de julho de 2019.
Catos
Enviado por Catos
Membro desde
28 anos, Goiânia
label