.

Far Cry New Dawn: "Queríamos contar uma história sobre a vida voltando à Terra"

Enviado por Frocharocha, , 396 visualizações, 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


Com uma temática pós-apocalíptica, Far Cry New Dawn se passa no mesmo universo de Far Cry 5, 17 anos após o incidente nuclear que marca o encerramento da campanha.

O The Enemy conversou com Olivia Alexander, roteirista de New Dawn, a respeito da construção desse universo distópico: "Nós queríamos contar uma história sobre o "pós" em "pós-apocalíptico", sobre a vida lentamente voltando à Terra".

Apesar do retorno das civilizações e da vida, o cenário de Hope County ainda está bastante alterado por conta dos incidentes: animais com aparências bizarras, paisagens totalmente desfiguradas e até mesmo mudanças no céu do local fazem parte do novo cenário, que certamente será familiar aos jogadores, ao mesmo tempo em que os instiga com suas diferenças.

"Você pode visitar alguns lugares que existem em Far Cry 5, mas a sua silhueta foi modificada de maneira irreversível. É a ideia de que os remanescentes do antigo mundo ainda estão lá, mas nunca mais serão os mesmos. Às vezes, isso acaba sendo bom: Prosperity [a sede onde ficam os aliados do protagonista] foi construída onde era a fazenda de Joseph Seed", detalha Olivia.

Para se diferenciar de tantas outras distopias modernas, a equipe de desenvolvimento recorreu aos elementos científicos, pesquisando os reais efeitos de uma catástrofe nuclear no planeta. Isso é misturado com o que inspirou Far Cry 5, criando o próprio ambiente pós-apocalíptico da série.

Falando em Far Cry 5, o vilão Joseph Seed volta em New Dawn, agora como chefe da New Eden, uma espécie de seita que renega qualquer tipo de tecnologia, e sobrevive de uma forma quase tribal.

Apesar dos costumes rústicos, a seita de Seed é bastante poderosa e será uma espécie de aliado do protagonista. A New Eden e os Sobreviventes terão de se unir para derrotar as irmãs gêmeas Mickey e Lou, que estão destruindo comunidades de maneira impiedosa. Mas será que o jogador pode confiar no antigo vilão?

"É responsabilidade do jogador se ele irá acreditar ou não em Seed. A New Eden é neutra na conjuntura do game, mas neutro não necessariamente significa aliado, e essa é uma identidade que será bastante interessante para o jogador explorar", explica Olivia.

Além da New Eden, o game possui outros dois grandes grupos: os Sobreviventes, do qual fazem parte o protagonista e Carmina - a filha dos Rye em Far Cry 5. A tríade é completada pelos Highwaymen, que são liderados por Mickey e Lou. Cada grupo possui suas próprias características e filosofias:

"No fim das contas, é uma história sobre pessoas, e como pessoas diferentes lidam com crises da sua própria maneira. Os Highwaymen estão aqui por uma boa experiência, não pela longevidade; os Sobreviventes estão tentando viver por ontem; e a New Eden está tentando construir um futuro irreconhecível"

"Cada facção tem algo de atrativo e com o qual as pessoas podem se identificar. Se você era feliz no mundo antigo, naturalmente você tentaria trazê-lo de volta. Se você nunca foi feliz, claramente você se sentiria aliviado e poderia mudar todas as coisas que te deixavam para baixo. Se você não era feliz, mas queria construir um futuro que não se parecia com o mundo antigo, você provavelmente se juntaria à New Eden", conta a roteirista.

Tirando um pouco a atenção dos três grupos, é impossível falar de Far Cry sem mencionar seus vilões. Dessa vez, as inescrupulosas Mickey e Lou são os destaques, e Olivia acredita bastante na força das personagens, colocando-as no "panteão" de grandes vilões da franquia.

"Elas são as pessoas que eram crianças quando as bombas caíram, e elas foram moldadas por esse mundo enquanto cresciam. Como qualquer bom vilão, elas tem plena certeza que o que elas estão fazendo é a coisa certa se fazer, mesmo que seus meios sejam moralmente ambíguos".

Essa ambiguidade moral também afetará o jogador, afirma Olivia quando questionada sobre a parte que os fãs mas apreciarão em Far Cry New Dawn: "Acredito que eles vão gostar da nova progressão de desafios, tanto no gameplay quanto no lado moralístico da narrativa. A ideia de o quanto você consegue perdoar alguém, se o perdão é algo que deve ser merecido".

Far Cry New Dawn chega no dia 15 de fevereiro para PlayStation 4, Xbox One e PC.
Frocharocha
Enviado por Frocharocha
Membro desde
39 anos, São Paulo
label