Publicado por Cristianogremista, em .
Um estudo publicado pelo DigiTimes mostra que o preço dos SSD pode despencar no ano que vem. O levantamento revela que o valor dos NAND, tipo de memória não volátil usado principalmente em SSDs, já caiu em 50% neste ano e pode baixar ainda mais na entrada de 2019, segundo a projeção.

Clique para ver a imagem em tamanho original

O que acontece, de acordo com Simon Chen, presidente da Adata Tecnology, é que as empresas estão começando a melhorar as suas capacidades de produção, o que permite que o custo caia e, junto com ele, o preço final do hardware.

Além disso, também, investimentos da indústria aumentaram, permitindo avanços em hardware cada vez mais rápidos. Assim, ao passo que o mercado produz aparelhos cada vez mais potentes de forma muito mais rápida, a tendência é de que os preços dos produtos mais básicos caiam.

Por exemplo: atualmente algumas empresas já conseguiram desenvolver memórias de armazenamento no padrão NAND 3D, isso é, diferente das 2D. Aqui é possível o empilhamento destas memórias, permitindo produtos mais potentes, mas que não sejam tão mais caros. Junto disso, empresas também passaram a conseguir resolver custos de produção, permitindo também o barateamento e popularização destes produtos.

Dessa forma, a expectativa é de que o preço da memória caia cerca de 50% em 2019 em relação ao preço inicial de 2018. Por outro lado, esta é uma previsão ainda bastante incerta, já que atualmente, Estados Unidos e China enfrentam um embate de tarifas. O governo chinês ameaça elevar o preço das taxas de venda de suas matérias primas e de eletrônicos em 25%, o que poderia segurar esta queda.
Cristianogremista
Cristianogremista
Colaborador do site, 27 anos, Santa Rosa-RS
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.