.

Vai virar tendência? Cidadãos dos EUA votarão pela primeira vez pelo smartphone

Enviado por MauricioCreed, , 1197 visualizações, 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


O ano de 2018 trará importantes novidades em relação às eleições para os EUA – país onde o iOS ultrapassou o Android em participação de mercado – e uma delas envolve a maneira de votar.

Pela primeira vez, o país norte-americano oferecerá a possibilidade de seus cidadãos votarem diretamente pelos smartphones. O voto será feito através do app Voatz, que utiliza blockchain combinado com reconhecimento facial, para garantir que a votação será segura e anônima.

A iniciativa chega como uma tentativa de facilitar a votação, uma vez que, na terra do Tio Sam, o processo de registro é burocrático, e como a votação é facultativa, muita gente acaba não votando.


Clique para ver a imagem em tamanho original


Segundo a CNN, para votar através do app será necessário registrar-se usando uma foto da carteira de identidade e um vídeo estilo selfie com o rosto.

Os dados serão enviados para o app, e garantirão que quem está votando é, de fato, a mesma pessoa que realizou o registro.

Apesar da inovação, infelizmente alguns lugares como, por exemplo, a Virgínia Ocidental, não terão acesso à essa comodidade – bem como militares que estão fora do país em serviço.

Será que é seguro?


Clique para ver a imagem em tamanho original


É claro que com a mudança na forma de votar algumas pessoas levantaram questionamentos sobre a segurança, e um deles foi a do chefe de tecnologia do Centro de Democracia e Tecnologia Joseph Lorenzo.

Ele acredita que a "votação mobile é uma ideia terrível", e em entrevista por e-mail, complementou que "as pessoas votando pela internet em seus dispositivos horríveis do ponto de vista de segurança, por meio de nossas redes horríveis e para servidores difíceis de se manterem seguros sem um registro físico em papel do voto" é a receita pronta para um desastre.

Fonte 2
MauricioCreed
Enviado por MauricioCreed
Membro desde
22 anos, Brasilia-DF
label