.

Facebook e Instagram proíbem venda de animais de estimação nas redes sociais

Enviado por Turokrj, , 576 visualizações, 0 comentários
Regras valem tanto para as páginas pessoais de usuários quanto para o marketplace do Facebook; Oferta de serviços veterinários e cuidados para pets são permitidas


Clique para ver a imagem em tamanho original


O Facebook e o Instagram proibiram a venda de animais em suas redes sociais. Isso inclui a comercialização de animais de estimação e aqueles voltados para pecuária. Da mesma forma, fica proibida a venda de partes de animais, como pelos e peles.

A proibição acontece após a companhia rever suas políticas para ofertas comerciais. Em documento liberado no último domingo (19), a rede social também volta a reafirmar que estão proibidas a oferta de armas, munições, drogas ilegais, prescritas ou recreativas, produtos para o público adulto e ainda bebidas alcoólicas e atividades que estejam relacionadas a jogos de azar.

As regras valem tanto para as páginas pessoais de usuários, quanto para o marketplace do Facebook, que reúne ofertas de pequenos vendedores. Grupos de compra e venda e o recurso mais recente, Instagram Shopping, também ficam dentro do veto.

Entretanto, acessórios relacionados aos pets podem ser ofertados pelas redes, entre os exemplos estão jaulas e gaiolas para animais, brinquedos, coleiras e serviços como atendimento veterinário e cuidados pessoais.

Como denunciar


Usuários que encontrarem anúncios nas redes sociais que violem tais regras, podem denunciar as publicações, marcando-as como "Acredito que não deveria estar no Facebook". Essa marcação aparece no lado superior direito de cada post, simbolizado por três pontos.

Ainda é possível marcar a publicação para "Enviar ao Facebook para análise". Segundo o Facebook, o usuário pode acompanhar o status de sua denúncia na aba Caixa de Entrada de Suporte ou ainda esperar que a rede social lhe envie uma mensagem sobre o assunto.
Turokrj
Enviado por Turokrj
Membro desde
47 anos, Danger de Janeiro
label