.

EA retirou microtransações de Star Wars: Battlefront II por pressão da Disney, diz jornal

Enviado por Caelum, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

A EA retirou temporariamente as microtransações de Star Wars: Battlefront II após muitas reclamações, mas a decisão pode ter sido tomada por pressão da Disney, detentora da marca Star Wars.

De acordo com reportagens do Wall Street Journal e do site VentureBeat, a Disney teria ficado preocupada com a repercussão negativa do caso para a marca Star Wars como um todo, o que teria levado o chefe de produtos de consumo e mídia interativa da empresa, Jimmy Pitaro, a entrar em contato com a EA e promover mudanças.

O site MP1st diz que a Disney teria ficado ainda mais preocupada com a demora da EA em tomar medidas sobre as reclamações e poderia até mesmo rever o contrato de exclusividade que a publisher tem para produzir os jogos de Star Wars.

A EA desativou as microtransações de Battlefront II na última quinta-feira (16), tirando a possibilidade de adquirir cristais, usados para comprar heróis e outros itens dentro do jogo.

Toda a polêmica começou quando os jogadores descobriram que era necessária uma média de 40 horas para desbloquear os heróis mais icônicos de Star Wars, como Luke Skywalker e Darth Vader - mesmo com as edições mais "completas" do game. A reação foi incrivelmente negativa pela comunidade, resultando no tópico mais negativo registrado no Reddit. Logo após, a EA anunciou que os preços dos heróis seriam reduzidos em 75%.

O caso também levantou suspeitas sobre as práticas de produtoras em mexer em sistemas de progressão do jogo de modo a induzir os jogadores a adquirirem mais itens por meio de microtransações. Na Bélgica, a comissão responsável por jogos já disse que vai investigar Battlefront II para determinar se suas microtransações configuram práticas de um jogo de azar.

Star Wars: Battlefront II está disponível para PlayStation 4, Xbox One e PC.
Caelum
Enviado por Caelum
Membro desde
24 anos
label