.

Jogador profissional de Counter-Strike admitiu usar drogas estimulantes durante partidas de eSports

Enviado por LordeBatata, , 2181 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cDovL2ltYWdlcy5ha2FtYWkuc3RlYW11c2VyY29udGVudC5jb20vdWdjLzI2MjM2MDU3MjEwOTE0MTI5L0QxNjZCQUY5OUFGOEZEOEFDNkMzNzE2MEY0RjQ3RUI2OEU1MzdFNTEv[/img]
Kory "Semphis" Friesen, um jogador profissional de Counter-Strike: Global Offensive, revelou que todos os participantes dos eventos de eSports tomam doping.

Numa entrevista com o canal do YouTube, Launders CStrike, Friesen admitiu que era evidente que os jogadores estavam dopados quando escutavam as comunicações da sua equipe. Friesen referiu-se à um evento da ESL que foi realizado na Polônia.

Friesen
Todos tínhamos tomado Adderall. Não estou nem aí. Era bem ouviu para quem escutasse as nossas conversas. Podem me odiar, não ligo.

Adderall é uma droga psico-estimulante utilizada no tratamento do transtorno de hiperatividade com défice de atenção. É tomada para melhorar a concentração de uma pessoa durante longos períodos de tempo.

Até hoje, não existe regulamento para este tipo de dopping nos esportes eletrônicos, no entanto depois desta revelação as coisas podem mudar.

LordeBatata
Enviado por LordeBatata
Membro desde
28 anos, Palácio da Alvorada, Brasília, Distrito Federal
label