.

A natureza será o inimigo mais mortífero de Lara Croft em Rise of the Tomb Raider

Enviado por Anônimo, , 4107 visualizações, 0 comentários
Jogo vai decorrer maioritariamente na Sibéria e Síria.

[img]hide:aHR0cDovL3d3dy50dWRvZ2Vlay5jb20uYnIvd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMDYvUmlzZV9vZl90aGVfdG9tYl9yYWlkZXIuanBn[/img]
Através do Ambassador Blog ficámos conhecendo mais alguns detalhes do muito aguardado Rise of the Tomb Raider, jogo que será lançado nas consolas Xbox no final deste ano.

Em conversa com alguns membros da Crystal Dynamics durante a E3, ficou-se a saber que o inimigo mais mortífero de Lara Croft na sua nova aventura será o meio envolvente.

Na verdade será melhor para Lara evitar a neve mais profunda, para não ficar mais lenta e assim mais vulnerável principalmente em situações onde a heroína é perseguida por um urso ou outro tipo de animais.

A Lara também terá que ter cuidado quando se agarra aos galhos para subir às árvores, (sim, Lara Croft agora vai poder trepar às árvores) porque eles podem estar molhados e escorregadios fazendo com que ela caia. Em caso de estar muito ferida, Lara Croft terá um nível de eficácia mais baixo do que quanto está de perfeita saúde.

Tempestades de neve, avalanches, águas geladas, gelo a cair e os animais serão prejudiciais para Lara. Em termos de animais, sabe-se que haverá ursos, lobos, veados, escorpiões, coelhos e esquilos. Haverá também alguns animais raros, como um lobo alfa que só aparecerá em determinados momentos. Estes animais quando caçados irão fornecer materiais exclusivos que poderão ser usados para criar novas armas ou para melhorar itens.

A Crystal Dynamics contou que com Rise of the Tomb Raider quis criar um jogo de acção e aventura e não um simulador, por isso não haverá uma barra de frio, nem de energia vital, a indicar o estado de Lara. A protagonista irá exprimir a sua dor através de sons e gestos. No caso da energia vital, à medida que o ecrã vai ficando mais ensanguentado mais baixo será o nível de energia de Lara.

Em locais mais quentes como a Síria, é possível ver a transpiração correndo pela cara de Lara, e em contato com a água fria Lara também vai exprimir a sensação de frio. Lara vai poder nadar e poderá também mergulhar debaixo da água. Mais uma vez não haverá uma barra de oxigênio. Os jogadores saberão que Lara está aflita através de indicadores visuais e sonoros.

Os locais a explorar em Rise of the Tomb Raider serão a Sibéria e a Síria, que incluem locais desérticos, montanhosos, florestas, vilas e complexos industriais abandonados. Haverá outros locais, mas não terão grandes áreas jogáveis, na sua maioria estarão presentes em forma de cinemáticas.

label