.

[Atualizado]Sony deixa de aceitar cartões de crédito na PSN brasileira

Enviado por Zarakk, , 24222 visualizações, 0 comentários
Uma mudança drástica - e pouco divulgada - vem incomodando os usuários de PlayStation 4, PS3 e Vita desde o final do ano passado. A Sony não está mais aceitando os cartões de crédito como meio de pagamento na PSN brasileira, uma mudança que vale tanto para cartões nacionais quanto internacionais.

A informação foi confirmada ao NGP pelo suporte oficial da empresa, tanto por telefone quanto pelo atendimento online. De acordo com a Sony, é uma mudança que data, na verdade, de 2013, quando os bancos mudaram as regras para pagamentos cujos preços são exibidos em reais, mas recebidos por empresas que estejam fora do país. Agora, na teoria, apenas estabelecimentos nacionais poderiam receber em nossa moeda, enquanto os internacionais devem utilizar o dólar ou outro tipo de câmbio.

[img]hide:aHR0cDovL25ld2dhbWVwbHVzLmNvbS5ici93cC1jb250ZW50L3VwbG9hZHMvMjAxNC8wNi9wbGF5c3RhdGlvbnN0b3JlLTE1NjB4OTUwX2MucG5n[/img]
Apesar disso, pouco havia mudado por aqui e, mesmo com cobranças como IOF e conversões bizarras sendo feitas nas faturas dos clientes, a PSN continuava aceitando os cartões. Mas não mais. O que temos agora é um fim gradativo - aparentemente, a alteração não é de real responsabilidade da Sony, e sim, dos bancos nacionais, que, pouco a pouco, passam a não autorizar as transações realizadas na PlayStation Store.

Em testes realizados pelo NGP, não foi possível comprar jogos com cartões dos bancos Bradesco e Santander, com apenas uma mensagem de erro, sem mais detalhes, sendo exibida. Por outro lado, a transação foi completada sem problemas quando utilizamos um plástico do Banco do Brasil, enquanto leitores relataram ao site terem obtido sucesso também com o Itaú ou HSBC. Ou seja, parece mesmo se tratar de uma mudança que acontece aos poucos e que afeta apenas um grupo de usuários.

De acordo com o suporte, os jogadores brasileiros, oficialmente, ficam restritos apenas aos cartões pré-pagos como opção de compra, com a Sony citando grandes varejistas como revendedores certificados. O problema é que, no Brasil, eles estão disponíveis apenas em opções de R$ 100 ou R$ 250, o que pode não ser uma boa para os jogadores que não utilizam a rede online com frequência. Mais do que isso, a opção torna inviável a participação em promoções ou baixas de preço em um produto. A fabricante disse estar buscando outras soluções, que não foram citadas.

O NGP também falou com a assessoria nacional da Sony, que informou que a PSN é uma instância separada da distribuição oficial de jogos e consoles no Brasil. Por isso, nosso contato foi repassado ao pessoal competente, mas, até o momento de publicação desta reportagem, não havíamos recebido resposta.

Atualizado:Em contato oficial com o NGP, a assessoria de imprensa da Sony não comentou sobre uma possível suspensão no recebimento de cartões de crédito na PSN brasileira. As bandeiras Visa, MasterCard, ELO e Hipercard, por exemplo, continuam sendo aceitas normalmente, nacionais ou internacionais. Um novo contato com o suporte da empresa no país, porém, entregou mais uma vez informações desencontradas, indicando os pré-pagos como única maneira oficial de comprar jogos na loja online.
Zarakk
Enviado por Zarakk
Membro desde
label