.

Windows 10 preview traz um...keylogger

Enviado por Turokrj, , 0 comentários
A Microsoft anunciou no passado dia 30 de Setembro o sucessor do Windows 8.1, que em vez de ser o Windows 9, "saltou" para o Windows 10. Entretanto a empresa já disponibilizou publicamente uma versão preview, através do programa Microsoft's Insider.

Mas, para quem (ainda) não leu os termos de utilização do Windows 10 preview, é importante que saiba que a Microsoft tem definidas algumas políticas "estranhas" que na prática lhe dão toda a liberdade de obter informações dos utilizadores das mais diversas formas.

Clique para ver a imagem em tamanho original

Apesar de todos sabermos que o software tem termos de utilização, a verdade é que raramente perdemos tempo com a leitura dessa informação. No entanto, alguns utilizadores mais cautelosos vieram alertar para as políticas de privacidade fora do normal, que a Microsoft definiu para o Windows 10 preview.

Na prática o documento criado pela Microsoft informa que a empresa poderá recolher informações dos utilizadores (nome, e-mail, preferências, pesquisas feitas, chamadas telefônicas, configurações, etc), incluindo informação que é passada por voz para o sistema.

When you acquire, install and use the Program, Microsoft collects information about you, your devices, applications and networks, and your use of those devices, applications and networks," the privacy policy states. "Examples of data we collect include your name, email address, preferences and interests; browsing, search and file history; phone call and SMS data; device configuration and sensor data; and application usage."
We may collect information about your device and applications and use it for purposes such as determining or improving compatibility" and "use voice input features like speech-to-text, we may collect voice information and use it for purposes such as improving speech processing," the company says about voice data collection.


Clique para ver a imagem em tamanho original

Se abrir um arquivo no sistema, a Microsoft pode "recolher" informação sobre o arquivo, a aplicação usada para abrir o arquivo e até os caracteres digitados... estilo um autêntico keylogger.

If you open a file, we may collect information about the file, the application used to open the file, and how long it takes any use [of] it for purposes such as improving performance, or [if you] enter text, we may collect typed characters, we may collect typed characters and use them for purposes such as improving autocomplete and spellcheck features.


Clique para ver a imagem em tamanho original

Descartando más interpretações, a Microsoft deixa bem explícito que toda a informação será sempre usada com o objetivo de implementar melhorias no sistema. Como sempre, os utilizadores esperam que tais informações não acabem por "cair em mãos" de terceiros…e quem não quiser ser "espiado" (no bom sentido) será que basta desctivar tal funcionalidade?
Turokrj
Enviado por Turokrj
Membro desde
48 anos, Danger de Janeiro
label