Sony comenta sobre exclusivos PS3 venderem menos que exclusivos X360

#Notícia Publicado por kratos4000, em .

Shuhei Yoshida, presidente dos Worldwide Studios da Sony, falou sobre o grande número de jogos exclusivos que a companhia desenvolveu nestes últimos anos e de como os mesmos não conseguiram atingir o mesmo sucesso da sua rival Microsoft, que durante o ano passado, com apenas Gears of War 3 conseguiu vender mais do que o conjunto de muitos dos títulos exclusivos da Sony.

Em entrevista com a revista Game Informer, Yoshida comentou que muitos jogos exclusivos comprometeram os recursos de marketing da companhia, não podendo dar o apoio necessário a cada um dos seus jogos, algo que lhes permitiria obter um melhor rendimento.

"É uma combinação de muitas coisas," afirmou ele. "Primeiro, temos que ser sinceros no que diz respeito à qualidade dos nossos jogos. Adoramos os nossos jogos, mas podemos apontar muitos problemas quando olhamos para cada um desses títulos de forma individual."

"Outra coisa é o foco. Quando tens cerca de 10 jogos que são lançados num mesmo ano é difícil gerir todos os nossos recursos de marketing e negócio. Do ponto de vista de catálogo, ficámos muito entusiasmados com os jogos que lançámos no ano passado, mas provavelmente diluímos o apoio para cada um deles."

Yoshida falou também sobre a possibilidade da companhia lançar menos jogos exclusivos, e apoiar mais aqueles que sejam lançados.

"É fácil dizer: 'Sim, vamos lá fazer três jogos por ano', mas o desenvolvimento de jogos é dinâmico. Não podemos planear isto. Tens uma quantidade de jogos no plano de lançamento que estão à espera de ser lançados numa determinada data do ano."

"Adoramos trabalhar em novas PIs. É difícil prever quando é que estes jogos vão estar terminados. É um desafio, mas penso que poderíamos, e provavelmente deveríamos, focarmo-nos num menor número de títulos de forma a que cada um deles tenha um melhor apoio," concluiu ele.

kratos4000
kratos4000
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.