Brasil tem 3 cidades no ranking das mais atacadas virtualmente

#Notícia Publicado por LucasCarmo, em .

IMAGEaHR0cDovL3AyLnRycnNmLmNvbS5ici9pbWFnZS9mZ2V0L2NmLzYxOS80NjQvaW1nLnRlcnJhLmNvbS5ici9pLzIwMTIvMDIvMTYvMjIyNDI1MC0zNjEyLXJlYy5qcGc=

O Brasil tem três cidades entre as dez mais atacadas do mundo virtual: São Paulo (4º lugar), Rio de Janeiro (5º) e Porto Alegre (7º). A constatação é da Norton e da Sperling's BestPlaces - empresa de pesquisa independente - que se juntaram para descobrir as 10 cidades da América Latina que possuem o maior número de fatores de risco do cibercrime.

Apesar de ter a segunda classificação mais baixa da região em termos de dados de crimes cibernéticos, o Rio de Janeiro foi classificado como uma cidade intermediária no que diz respeito à segurança online por causa da pontuação entre os fatores de comportamento do consumidor, como as redes sociais, uso da internet e acesso a Wi-Fi hotspots.

A cidade de Buenos Aires, na Argentina, ganhou o 1º lugar com a pontuação mais alta das regiões em relação aos dados de crimes cibernéticos, o uso da internet e das redes sociais. San Juan, em Porto Rico, foi classificada na segunda posição, com pontuação acima da média em todas as categorias e maior uso da região de smartphones.

"Em nossa análise sobre as cidades online mais perigosas, consideramos uma série de fatores que podem potencialmente afetar a segurança no mundo virtual", disse Bert Sperling, fundador e pesquisador do BestPlaces Sperling em comunicado à imprensa. "Ao olhar para os dados de estilo de vida, hábitos de consumo, bem como os dados dos crimes cibernéticos fornecidos pela empresa-mãe da Norton, a Symantec, somos capazes de oferecer uma visão holística dos vários fatores que colocam uma pessoa em risco potencial."

"Com a explosão dos smartphones, tablets e laptops nos últimos anos e o surgimento de aplicativos e sites de redes sociais, as nossas vidas online e offline estão se misturando de forma nunca antes experimentadas", disse Marian Merritt, Consultora de Segurança na Internet da Norton. "Embora haja muitos aspectos positivos, como resultado, a análise destaca os fatores de risco que enfrentamos a cada vez que ficamos online. Ao tomar algumas precauções simples, as pessoas podem ter certeza de que estão protegidas contra essas ameaças".

Das 10 cidades listadas como as mais virtualmente perigosas na América Latina, a Cidade do México, Monterrei e Guadalajara, foram classificadas como as cidades com o menor nível de potenciais de risco. Isso se deve pelo baixo número de hotspots Wi-Fi, uso de smartphones, a velocidade de banda larga, acesso à internet, posse de computador e uso de redes sociais.

Confira o ranking completo:

1 - Buenos Aires, Argentina - população: 3,050,000

2 - San Juan, Puerto Rico - população: 395,000

3 - Bogotá, Colômbia - população: 6,945,000

4 - São Paulo, Brasil - população: 11,017,000

5 - Rio de Janeiro, Brasil - população: 6,137,000

6 - Lima, Peru - população: 5,682,000

7 - Porto Alegre, Brasil - população: 1,510,000

8 - Cidade do México, México - população: 18,204,964

9 - Monterrey, México - população: 3,473,000

10 - Guadalajara, México - população: 3,834,000

Lucas
Lucas #LucasCarmo
, Salvador
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por VSDias55,