.

Vamos ficar 24 horas sem Google e Facebook

Enviado por 64bit, , 58104 visualizações, 0 comentários
A nova regra contra os chamados "pirataria" da propriedade intelectual nos EUA e conhecida como SOPA (Stop Online Piracy Act) tem aquecido os espíritos das grandes empresas ligadas ao mundo da Internet, de tal forma que estão a promover um 'blackout', já encabeçado pela Wikipedia.

Amazon, Google, eBay, AOL e Facebook terão chegado a um consenso para desligar os seus servidores dia 23 de Janeiro em protesto contra esta lei anti-pirataria da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos. Estaremos preparados para viver 24 horas sem estes serviços?

[img]hide:aHR0cDovL3BwbHdhcmUuc2Fwby5wdC93cC1jb250ZW50L3VwbG9hZHMvMjAxMi8wMS9pbWFnZW1fbm9faW50ZXJuZXRfdG9kYXlfc21hbGwuanBn[/img]
Os gigantes como Amazon, Google, eBay, AOL e Facebook poderiam-se juntar numa operação sem precedentes para alertar os utilizadores da Internet das reais consequências da SOPA.

Estes regulamentos, ainda em projecto de lei, destinam-se a bloquear o acesso a qualquer site que infringe direitos de autor e os serviços que alojam esses sites online.

Embora não exista uma data específica para este 'apagão' que, hipoteticamente, afectaria milhões de utilizadores ao redor do mundo, de acordo com algumas fontes o dia 23 seria uma probabilidade, tendo em conta que um dia mais tarde, dia 24 de Janeiro, o Congresso Norte Mericano irá debater esta controversa lei.

As empresas que se poderiam juntar a estes protestos são: AOL, eBay, Etsy, Facebook, Foursquare, Google, IAC, LinkedIn, Mozilla, OpenDNS, PayPal, Twitter, Wikimedia Foundation, Yahoo! e Zynga.
64bit
Enviado por 64bit
Membro desde
label