.

A Evolução da Source Engine

Enviado por nicolas44, , 5401 visualizações, 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

De uns anos para cá, a Source Engine - o motor de gráficos que foram utilizados para a produção dos atuais jogos da Valve Software, - recebeu inúmeros aprimoramentos tanto em objetos, quanto em diversos models com um único objetivo: Melhorar o visual e a jogabilidade. Iremos citar neste artigo a Evolução geral deste motor de gráficos que revolucionou o mundo dos jogos de tiro em primeira pessoa.

Em 2004, Half-Life 2 e Counter-Strike: Source foram lançados mundialmente, e claro, a Source Engine foi estreada com extremas críticas dos especialistas nesta área. Diversos fãs de Half-Life ao jogarem Half-Life 2, ficaram surpresos e felizes ao apreciarem as paisagens que o motor oferecia. Porém, alguns anos depois, ao jogarem as sequências da trama, Half-Life 2: Episode One e Two, alguns não notaram tanta diferença nos models e materials.

Claro, que, alguns acharão que entenderam a Evolução da Source Engine apenas por notarem a diferença ao ativarem o sistema adicionado ao Episode One e Two: O High Dynamic Range. Mas esse novo sistema é apenas para melhorar um pouco a iluminação e o brilho dos cenários, models e materials em todos os mapas.

Mas então, o que realmente foi melhorado na Source Engine? Simples, tudo. Iremos por partes. Para notar a diferença, terá de jogar a trilogia de Half-Life 2: Half-Life 2; Half-Life 2 Episode One e Half-Life 2 Episode Two. Em Half-Life 2, a Source Engine está em seu sistema padrão, com seus models e materials estáveis. Isso não quer dizer que o motor de gráficos seja ruim, pelo contrário, a Source Engine de 2004 supera diversos jogos de First Person Shooter da atualidade.

Clique para ver a imagem em tamanho original

Já em Half-Life 2 Episode One, o High Dynamic Range fora adicionado. Mas isso não é tudo. A Alyx Vance foi totalmente reformulada, além da personagem ganhar mais polígonos por cm² - o que aumentara a qualidade do seu visual -, os produtores da área adicionaram movimentos adicionais à personagem, como a possibilidade de lutar com Zombies, Headcrabs, etc. Além disso, mais materials, models e texturas receberam pequenos e úteis detalhes.Half-Life 2 Episode Two é a sequência mais atual de HL trazendo novos modelos, texturas, cenários e materials da Source Engine.

Se você reparar, o jogo é muito mais pesado que o próprio Half-Life 2 (que contém quase o dobro de capítulos). Isso ocorre porque Episode Two, comparado ao Half-Life 2, tem a qualidade de gráficos extremamente superior ao seus jogos antecessores. Desde as paisagens e cenários - que realmente não se comparam com os outros jogos -, até seus pequenos detalhes nos modelos e texturas de cada árvore e casa da White Forest.

Em Half-Life 2: Episode Two, a equipe que trabalhou nos backgrounds dos cenários gerais está de parabéns. As paisagens de White Forest foram simplesmente incríveis, deixando o jogador mais dentro da situação do jogo do que nunca. A floresta densa do jogo tinha tudo para ser uma floresta fechada, sem muitos cenários por trás dos models das árvores, por exemplo. Mas não, a Valve surpreendeu o mundo em 2007 com esse jogo, expandindo ainda mais a realidade de uma floresta.

O jogo mais atual da Valve Software - o Left 4 Dead 2 - também foi desenvolvido pela Source Engine. E os gráficos do jogo dá uma pequena introdução do que será o Half-Life 2: Episode Three.

Escrito por: Nicolas R. (Webmaster HL-BR)
Fonte: Half-Life Brasil (http://www.halflifebrasil.com)
nicolas44
Enviado por nicolas44
Membro desde
label