.

Crianças descarregam raiva em jogos violentos, diz estudo

Enviado por isoka, , 0 comentários
Um novo estudo do Centre for Mental Health and Media, do Massachusetts General Hospital (MGH), mostrou que muitas das crianças e adolescentes que jogam games violentos fazem-no para lidar com sentimentos como raiva e descarregar o estresse.
Segundo o site The Register, o estudo levou em conta a opinião de 1.254 jovens, a maioria entre as idades de 12 e 14 anos, de diversas classes sócio-econômicas, grupos étnicos e geográficos.
Cerca de dois terços dos homens e mais de um quarto das mulheres entrevistadas mostraram preferência por jogos violentos, tendo jogado intensamente pelo menos um título classificado como não indicado para menores de 17 anos.
A série adulta preferida entre os jogadores homens é Grand Theft Auto, enquanto as jogadoras têm como preferência a série mais amena The Sims, ficando GTA na segunda posição.
O estudo também tentou desmitificar o estereótipo dos jogadores solitários sem integração social, afirmando que as crianças que jogam títulos adultos gostam de fazê-lo em grupos, seja no mesmo espaço, seja na Internet.
Um terço dos garotos e 10% das meninas jogam videogame ou jogos em computadores quase diariamente. Outro dado interessante é que de todos os entrevistados, apenas 6% declararam não ter jogado nada nos seis meses anteriores à pesquisa.
Cheryl K. Olson, co-diretora do centro e autora do estudo explicou que em um período de crescente lançamento de títulos adultos é importante explorar quais efeitos eles possuem sobre as crianças, noticiou o site Science Daily.
Mesmo que o estudo sirva para abastecer de argumentos os críticos de games, que agora verão mais um motivo para tentar banir os jogos violentos, Olson relaciona uma suposta redução da criminalidade à popularização dos jogos violentos.
"Esperamos que este estudo seja um primeiro passo para mudar o debate, abandonando a discussão sobre se jogos violentos são terríveis e estão destruindo a sociedade e focando mais no tipo de conteúdo de jogos pode ser perigoso para qual tipo de crianças, e em quais situações", explicou a pesquisadora.
O estudo sugeriu que pais que querem limitar o uso de jogos violentos por seus filhos mais novos podem manter os consoles e computadores longe de seu quarto, embora também seja necessário ver o que pessoas mais velhas da família estão levando para dentro de casa. "Crianças que jogam com irmãos mais velhos estão duas vezes mais perto de jogar títulos adultos", acrescentaram.
isoka
Enviado por isoka
Membro desde
36 anos, Espirito Santo, Brasil
label
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, e na nossa curadorida da Steam.