.

Um RTS com enredo intrigante, jogabilidade bastante acessível e de revolucionar

Enviado por Sasha stankievicz, , 695 visualizações, 0 comentários
Um estranho objeto colide com o nosso planeta e tudo o que construímos até o século XXI é destruído: é o temido fim de nossa civilização, tema de inúmeros filmes e jogos. WorldShift não focaliza nesse momento apolítico, mas em outro. Situado milhares de anos depois da colisão devastadora, esse jogo de estratégia em tempo real conta a história das novas civilizações remanescentes da nossa, lutando por seu espaço no planeta " juntamente com seres que, quando chegaram, ninguém se sabia de onde vinham, ou o que eles procuravam encontrar aqui.

Shard Zero, o elemento que devastou nossa civilização, vinha de Plutão, antes de entrar na órbita da Terra, espalhando uma praga letal, capaz de modificar a própria constituição do espaço e acabar com toda a vida à sua volta. Os destroços de Shard Zero ainda estão presentes no mundo de WorldShift, mudando a constituição do nosso planeta e espalhando a sua praga misteriosa a todo o momento.

Três raças cercadas de mistérios
Dentre as novas sociedades do mundo de WorldShift, há os humanos, que ocupam cinco metrópoles bastante avançadas, e as tribos, remanescentes da nossa civilização, os quais se encontram infectados pela praga. A terceira facção jogável são os extraterrestres que chegaram ao planeta junto com o Shard Zero " e a sua vinda é um dos grandes mistérios do jogo.

Os humanos vivem em gigantescas cidades futuristas, governados por oligarquias locais, que tomam decisões políticas em defesa do interesse de suas próprias facções, sem prestar muita atenção à ameaça iminente que circunda sua civilização. Essa facção apresenta unidades com armamento pesado e revestidas de gigantescas armaduras, além dos robôs, chamados de rippers, os quais apresentam enormes garras.

Até o momento, não foram reveladas muitas informações sobre as outras duas raças, mas, a partir da demonstração feita na Game Conventions 2007, sabe-se que as tribos se utilizam de magia e que os clérigos (high priests) são a sua unidade mais forte, a qual se utiliza de raios de energia para atacar os inimigos.
Jogabilidade inovadora

A Black Sea Studios promete um ritmo rápido de ação, o que pôde ser visto na demonstração da Game Conventions. WorldShift também está sendo desenvolvido para oferecer uma jogabilidade fácil de ser aprendida, com esquemas de controle simples, aproximando-se do público novo no gênero. Por exemplo, é preciso apenas mover o mouse para movimentar as unidades selecionadas e várias habilidades especiais podem ser selecionadas facilmente em um menu no canto esquerdo da tela.
O jogo também traz inovações, como a abolição das árvores de tecnologia (tech trees); no seu lugar, h á o ability grid (rede de habilidades). Isso permite que os personagens coletem itens e relíquias, que modificam as táticas das unidades, conferindo-lhes habilidades cada vez mais poderosas. Esses itens são conseguidos em arriscadas missões cooperativas, as dungeons, nas quais é preciso guiar uma unidade por um caminho entricheirado de inimigos.

Oferecendo uma jogabilidade acessível a um público mais amplo, bem como um enredo intrigante, o jogo apresenta possibilidades de ser um bom título do gênero de estratégia, que mistura elementos de ficção científica com o uso de magias.
WorldShift ainda não tem data de lançamento marcada.

Imagens:

[img]hide:aHR0cDovL3d3dy5oaXQucm8vaW1hZ2VzL2NvbnRlbnQvYXJ0aWNsZXMvMjAwNy82L1dvcmxkU2hpZnRfMDFfMV8uanBn[/img]

[img]hide:aHR0cDovL2ltYWdlcy5nb29nbGUuY29tLmJyL2ltZ3Jlcz9pbWd1cmw9aHR0cDovL3N0YXRpYy5jb21wdXRlcmdhbWVzLnJvL2NnL2Fzc2Fzc2luL2ltYWdlczMvd29ybGRzaGlmdC93b3JsZHNoaWZ0MDA0LmpwZyZpbWdyZWZ1cmw9aHR0cDovL2NvbXB1dGVyZ2FtZXMucm8vcm8vc3Rpcmkvdmlld2l0ZW0vaWQvNTg4NC9uYW1lL3dvcmxkc2hpZnQtYW51bmF0Lmh0bWwmaD03Njgmdz0xMDI0JnN6PTMyMyZobD1wdC1CUiZzdGFydD0xJnNpZzI9dk52SnF2RGVNTVp5Q1lkU3BoMVhuZyZ1bT0xJnRibmlkPVBNMTVZQjJpMUNHUExNOiZ0Ym5oPTExMyZ0Ym53PTE1MCZlaT1HX29YUjlqcUthQzR3Z0hxODlYRkJ3JnByZXY9L2ltYWdlcyUzRnElM0R3b3JsZHNoaWZ0JTI2c3ZudW0lM0QxMCUyNnVtJTNEMSUyNmhsJTNEcHQtQlIlMjZzYSUzRE4=[/img]

[img]hide:aHR0cDovL3d3dy5peGJ0LmNvbS9uZXdzL2dhbWVzL19jb25zb2xlL2ppbi93b3JsZHNoaWZ0L2wvOC5qcGc=[/img]

[img]hide:aHR0cDovL3d3dy50ZWNobGFicy5ydS9pbWcvaW1nLzExODM3Ny5qcGc=[/img]

[img]hide:aHR0cDovL2ltZy5qZXV4dmlkZW9wYy5jb20vaW1hZ2VzL3NjcmVlbnNob3RzLzMxNTA1L2dkZl93bS8xMi5qcGc=[/img]

[img]hide:aHR0cDovL3d3dy50ZWNobGFicy5ydS9pbWcvaW1nLzExNDk1Ny5qcGc=[/img]
Sasha stankievicz
Enviado por Sasha stankievicz
Membro desde
PR/Curitiba
label