.

Hitman: Estúdio afasta diretor porque filme ficou violento demais

Enviado por albanibr, , 2046 visualizações, 0 comentários
A adaptação às telas do videogame Hitman, popular série da Eidos e IO Interactive, pode estar passando por problemas. O site Twitch diz que tem fontes suficientes para afirmar: insatisfeita com o produto final, a Fox tirou do diretor francês Xavier Gens o controle do filme.

Não que o resultado tenha sido fraco - pelo contrário. A exemplo do game, o trabalho de gens resultou num banho de sangue.

Cabeças rolando e sangueira explícita, do tipo que garantiriam ao filme uma classificação etária alta nos EUA, são os motivos do afastamento, cita o Twitch. A Fox rapidamente teria convocado Nicolas De Toth para remontar o filme. Quem diabos é De Toth, você pergunta. Ã o mesmo sujeito que o estúdio contratou para "limpar" Duro de Matar 4.0 e fazer com o filme pegasse censura de 13 anos nos cinemas de lá.

Depois reclamam que adaptação de game não dá retorno...

Na trama do filme, o Agente 47 (Timothy Olyphant) foi educado para se tornar um assassino impecável, cujas armas mais poderosas são seus nervos e o orgulho resoluto daquilo que faz. Mas o caçador se torna caçado quando 47 - codinome tirado do código-de-barras que ele tem tatuado na nuca - se vê preso em uma reviravolta política. Tanto a Interpol quanto o exército russo o perseguem pelo Leste Europeu, enquanto ele tenta descobrir quem armou a cilada, e por quê.

Dougray Scott (Missão: Impossível 2), Ulrich Thomsen (Festa de Família, Brothers), Robert Knepper, Michael Offei e Olga Kurylenko também estão no elenco. O roteiro é de Skip Woods (A senha: Swordfish). A produção, de Luc Besson.

O filme estréia nos EUA em 12 de novembro. No Brasil, em 30 de novembro, com o título Hitman - Assassino 47.

Fonte: Omelete
albanibr
Enviado por albanibr
Membro desde
33 anos, ES - Interior
label