.

PCs, internet e celulares farão mercado de games crescer 50%

Enviado por simonlino, , 0 visualização, 0 comentários
O mercado de videogames deve crescer 50% nos próximos quatro anos à medida que vai além dos fanáticos por games, disse o presidente-executivo da produtora francesa Ubisoft, durante a Games Convention, maior feira de jogos da Europa, que acontece em Leipzig.
- Há tantos clientes novos no negócio. Isso vai fazer o mercado crescer tremendamente. Espero que o mercado cresça 50% nos próximos quatro anos - afirmou Yves Guillemot à Reuters nos bastidores da Games Convention. - Ã uma época muito empolgante para todos os desenvolvedores e produtores - disse ele.

A Electronic Arts (EA), maior produtora de jogos do mundo, também foi otimista sobre as previsões de que mais pessoas começarão a jogar em consoles, computadores, telefones celulares ou pela internet.

- Há 150 milhões de jogadores em todo o mundo, mas 2 bilhões de pessoas estão prontas para jogar - disse o diretor-gerente da EA na Alemanha, Thomas Zeitner, em uma coletiva de imprensa.
Devido ao sucesso dos jogos mais simples, destinados a famílias, como o Wii, da Nintendo, os jogadores mais antigos e mulheres tornaram-se o assunto do momento na indústria.

A Ubisoft, conhecida por seus jogos de estilo militar, anunciou nesta quarta-feira um novo título na categoria "jogo para todos", "Cranium Kabookii", baseado no jogo de tabuleiro vencedor de prêmio Cranium. O produto deve ser lançado em dezembro.

Segundo o presidente-executivo da empresa, desenvolver um jogo mais simples custa algo entre 1 milhão e 4 milhões de euros (US$ 1,35 milhão e US$ 5,42 milhões), dependendo do número de plataformas com o qual é compatível.

Em comparação, um jogo normal desenvolvido para o Wii custa entre 5 milhões e 10 milhões de euros (US$ 6,7 milhões e US$ 13,5 milhões), e um para o PlayStation3, da Sony, e para o Xbox 360, da Microsoft, custa entre 10 milhões e 20 milhões (US$ 13,5 milhões e US$ 27 milhões).

Os jogos mais simples devem contribuir com 20% da receita da Ubisoft este ano, alta de 10% em relação ao ano passado, disse Guillemot.

Fonte: Globo On-line/Tecnologia - Reuters
[url]hide:aHR0cDovL29nbG9iby5nbG9iby5jb20vdGVjbm9sb2dpYS9tYXQvMjAwNy8wOC8yMy8yOTczODc5MzEuYXNw[/url]
simonlino
Enviado por simonlino
Membro desde
35 anos, Uruará-Pa
label