.

"Crysis" é o que há de mais avançado em termos de gráficos

Enviado por Darksoulsong, , 368 visualizações, 0 comentários
- por THÃO AZEVEDO
Enviado especial a San Francisco pela UOL GAMES

Num primeiro momento, impossível evitar um "q" de decepção com a demonstração de "Crysis" feita em um evento paralelo da Electronic Arts durante a Game Developers Conference. Calma. Ã que a expectativa era a de finalmente jogar o impressionante game de tiro da Crytek, mas havia apenas dois PCs, um com o editor de fases, apresentado por um funcionário da produtora, e outro com um vídeo da tecnologia gráfica CrytekEngine 2.

O editor de fases, explicou Harald Seeley, diretor de desenvolvimento da Crytek, poderá ser utilizado tanto pelos jogadores, para criar mods, quanto pelas empresas que licenciarem a "engine" - e a Unreal Engine 3 que nos perdoe, mas CrytekEngine 2 é o que há de mais avançado em termos de gráficos.

Criar mapas para "Crysis" lembra os jogos estilo "tycoon": com uma câmera que passeia livremente por todo o enorme cenário, é possível acrescentar, em tempo real, mais vegetação, novos elementos para a paisagem (carros e edifícios) e, indo mais fundo (literalmente), alterar o balanço das ondas do mar ou ir até o fundo deste, visualizando toda a vegetação marinha.

O editor lembra uma grande maquete, mas o que realmente faz cair o queixo é a iluminação em tempo real, que segue as alterações feitas na fase: coloque uma árvore, por exemplo, e você verá imediatamente a sua sombra projetada - caso esteja em um dia ensolarado, naturalmente. E se você resolver mudar o tempo para um entardecer. tudo reflete nos elementos da paisagem.

Enquanto isso, o outro computador exibiu um vídeo exaltando o que já sabemos: "Crysis" tem o visual nunca antes visto em um jogo eletrônico. Foi uma demonstração para produtor ver, mas, ainda assim, o jogo, que está prestes a entrar em estágio alfa, empolga só de ver.

Após "Crysis", com certeza, os games não serão mais vistos da mesma maneira.
Darksoulsong
Enviado por Darksoulsong
Membro desde
35 anos, Curitiba
label