.

Advogado quer limitar venda de "Manhunt 2" e "Grand Theft Auto IV"

Enviado por Sam Fisher, , 305 visualizações, 0 comentários
Jack Thompson , advogado americano e ativista anti-videogames, entrou com uma ação para impedir a venda de "Manhunt 2" e "Grand Theft Auto IV", ambos da Take-Two Interactive, para menores de 17 anos.

Os dois jogos, notórios por sua violência, estão programados para sair este ano e devem receber a classificação M (não recomendado para menores de 17 anos) pela ESRB, órgão norte-americano responsável pela classificação etária para jogos. No entanto, isso se trata apenas de uma recomendação, e não há dispositivos legais que impeçam a venda desses jogos para menores de 17 anos.

Thompson acredita que jogos violentos têm influência sobre as pessoas, sobretudo jovens. No processo, citou estudos da Associação Americana de Psicologia que indicam uma nítida relação de causa e efeito entre jogos violentos e atitudes agressivas, além de apontar que 42% das pessoas que compram jogos de classificação M são menores de 17 anos.

O advogado destacou os pontos violentos de "Manhunt 2": "O jogador pode espetar uma seringa nos olhos dos inimigos e remover seus testículos".

De fato, de acordo com informações divulgadas e com o próprio conceito do jogo anterior, "Manhunt 2" tem como tema o assassinato, muitos de forma brutal. Já "Grand Theft Auto IV", se seguir o estilo dos antecessores, permite cometer diversos atos de violência, como atropelar pedestres e assassinar cidadãos com vários tipos de armas, apesar de isso ser apenas parte do game.

"Manhunt 2" é um jogo para PlayStation 2, Wii e PSP, e está prometido para o terceiro trimestre do ano. Já para "Grand Theft Auto IV", estão programadas versões para Xbox 360 e PlayStation 3. O game deve chegar em outubro.
Sam Fisher
Enviado por Sam Fisher
Membro desde
Areado, Minas Gerais, Brasil
label