.

Eletrônicos da Sony batem recorde; videogames dão prejuí­zo

Enviado por _Belmont, , 3 visualizações, 0 comentários
A Sony divulgou o resultado financeiro de seu terceiro trimestre fiscal, período que corresponde de outubro a dezembro de 2006. O destaque ficou com o setor de eletrÃ'nicos, que registrou o melhor terceiro trimestre da história da companhia.

As vendas globais da corporação chegaram a 2,607 trilhõess de ienes (US$ 21,4 bilhões), aumento de 9,8% em relação ao mesmo perí­odo de 2005. No entanto, os lucros operacionais ficaram em 178,9 bilhões de ienes (US$ 1,47 bilhão), queda de 14,9%, e o lucro lí­quido, em 159,9 bilhões de ienes (US$ 1,313 bilhão).

O setor de eletrônicos, capitaneado pela linha Bravia de televisores LCD, atingiu recordes, com vendas de 1,872 trilhão de ienes (US$ 15,4 bilhões), aproximadamente o dobro do ano anterior, e lucros operacionais de 177,4 bilhões de ienes (US$ 1,456 bilhão).

Além do sucesso das TVs e da linha Cybershot de câmeras digitais, o câmbio favorável contribuiu para o resultado positivo. No relatório, a companhia afirmou que continuará a apostar na tecnologia LCD para TV e que não pretende mais investir em plasma.

Por outro lado, o setor de videogames deu prejuí­zo, pela queda de quase US$ 100 no preço do PlayStation 3, anunciada na Tokyo Game Show do ano passado, e os custos de lançamento do console.

O prejuí­zo operacional da divisão chegou a 54,2 bilhões de ienes (US$ 445 milhões), queda de cerca de 5% em relação ao terceiro trimestre de 2005. O tombo só não foi maior porque as vendas subiram 5,6%, chegando a 442,8 bilhões de ienes (US$ 3,635 bilhões).

No entanto, para o último trimestre fiscal, a companhia espera melhorar o resultado com mais jogos e serviços, além de perseguir o barateamento da produção do PlayStation 3.
_Belmont
Enviado por _Belmont
Membro desde
24 anos, Viçosa
label