.

Cidade de Los Angeles processa produtora de "San Andreas"

Enviado por eneas, , 3 visualizações, 0 comentários
A série "Grand Theft Auto" sempre viveu acompanhado de polêmicas e de sucesso comercial, mas agora parece ter atingido o ápice com a edição "San Andreas", um dos games mais vendidos de todos os tempos e também o campeão de problemas. Agora, a cidade de Los Angeles está processando a produtora Rockstar e a distribuidora Take-Two Interactive.

O advogado Rockard Delgadillo está acusando as empresas de negligenciar informações que poderiam afastar "Grand Theft Auto: San Andreas" do mercado varejista e pedindo multa de 10 milhões de dólares, que seria o valor arrecadado pelo game na cidade. Ele se refere ao minigame sexual "Hot Coffee" escondido dentro do disco, que só pode ser acessado com modificações de programa.

De fato, quando o escândalo se tornou público e a ESRB, órgão que classifica os jogos por faixa etária, reclassificou "San Andreas" como recomendável "somente para adultos", grandes cadeias varejistas como a Wal-Mart e Best Buy retiraram o produto das prateleiras, pois sua política impede que vendam produtos para adultos.

A Rockstar teve de lançar uma nova versão do produto sem as cenas de sexo, mas o estrago já estava feito. O incidente foi considerada uma das piores trapalhadas do mundo corporativo em 2005 segundo várias publicações especializadas, e gerou cerca de 40 milhões de dólares em prejuízo.


Fonte: UOL
eneas
Enviado por eneas
Membro desde
36 anos, Curitiba
label