.

Relatos de Dinossauros no século Parte XII Final: Dragões

Enviado por Frocharocha, , 966 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cDovL2ltZzMud2lraWEubm9jb29raWUubmV0L19fY2IyMDEwMDExMzEyMjE0MS9kcmFnb25hZ2UvaW1hZ2VzLzgvODAvQ29uY2VwdC1IaWdoRHJhZ29uLmpwZw==[/img]
Parte I: [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMTQwLzE0MDU3NS1zYWJhZGFvLWluZXhwbGljYXZlbC1kaW5vc3NhdXJvcy1wYXJ0ZS0xL2luZGV4Lmh0bWw=[/url]
Parte II: [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMTQwLzE0MDY1MC1kb21pbmdhby1pbmV4cGxpY2F2ZWwtZGlub3NzYXVyb3MtcGFydGUtMi9pbmRleC5odG1s[/url]
Parte III: [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMTQxLzE0MTI5Ny1zYWJhZGFvLWluZXhwbGljYXZlbC1kaW5vc3NhdXJvcy12aXZvcy1wYXJ0ZS0zL2luZGV4Lmh0bWw=[/url]
Parte IV: [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMTQxLzE0MTM4Ni1kb21pbmdhby1pbmV4cGxpY2F2ZWwtZGlub3NzYXVyb3Mtdml2b3MtcGFydGUtNC9pbmRleC5odG1s[/url]
Parte V: [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMTQyLzE0MjAxNi1zYWJhZGFvLWluZXhwbGljYXZlbC1kaW5vc3NhdXJvcy12aXZvcy1wYXJ0ZS01L2luZGV4Lmh0bWw=[/url]
Parte VI: [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMTQ5LzE0OTkwOC1hdmlzdGFtZW50b3MtZGUtZGlub3NzYXVyb3Mtbm8tYnJhc2lsLW5hby1lLW5vdmlkYWRlLWRpbm9zc2F1cm9zLXZpdm9zLXBhcnRlLXZpL2luZGV4Lmh0bWw=[/url]
Parte VII: [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMTUwLzE1MDE3OS1hdmlzdGFtZW50b3MtZGUtZGlub3NzYXVyb3MtbmEtYXR1YWxpZGFkZS1kaW5vc3NhdXJvcy12aXZvcy1wYXJ0ZS12aWkvaW5kZXguaHRtbA==[/url]
Parte VII: [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMTYyLzE2MjA3MS1hdmlzdGFtZW50b3MtZGUtZGlub3NzYXVyb3MtbmEtYXR1YWxpZGFkZS1wYXJ0ZS12aWlpL2luZGV4Lmh0bWw=[/url]

Parte IX- [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMTY5LzE2OTkyMi1hdmlzdGFtZW50b3MtZGUtZGlub3NzYXVyb3Mtbm9zLWRpYXMtYXR1YWlzLXBhcnRlLWl4Lw==[/url]

Parte X- [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMTcyLzE3MjY2NS1hdmlzdGFtZW50b3MtZGUtZGlub3NzYXVyb3Mtbm9zLWRpYXMtYXR1YWlzLXBhcnRlLXgv[/url]

Parte XI- [url]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1ldmljaW8uY29tL2kvbm90aWNpYXMvMjE0LzIxNDYwOS1hdmlzdGFtZW50by1kZS1kaW5vc3NhdXJvcy1ub3MtZGlhcy1hdHVhaXMtcGFydGUteGkv[/url]

Dragões não são tecnicamente dinossauros, mas tem sido figura de imaginação e superstições por muitos séculos e se existissem, provavelmente estariam na lista do Jurassic World, o primeiro dragão a aparecer numa obra de ficção foi o guardião do tesouro de Bewoulf, na história Bewoulf recebeu a missão de matar um dragão que guardava um tesouro e após uma longa batalha ele foi capaz de achar o ponto fraco da criatura e a matou, mas também morreu no processo. A partir dai o bicho ficou mais famoso que o tiranossauro Rex, aparecendo em tudo quanto é tipo de história e filme.

Mas e se eles são mais que apenas uma simples superstição? Todo mundo quando era criança pensou que dragões eram reais e todo mundo diz que os dragões são figuras da imaginação popular.

Mas não é isso que acham alguns cryptozoologos. De fato, relatos de Dragões modernos existem, mas são tão raros que quase ninguém já ouviu falar deles. Procurando em livros eu fui capaz de achar alguns bem interessantes que dá vontade de pegar numa armadura medieval, comprar um cavalo e sair em uma viagem:

O Lendário Lagarto de Shuker


[img]hide:aHR0cDovL3d3dy45OXRhdHRvb3MuY29tL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDEwLzEwL0RyYWdvbi1UYXR0b28tRGVzaWduLmpwZw==[/img]
Em 2001, Karl Shuker, um dos 13 fundadores da criptozoologia, escreveu um artigo sobre alistamentos de dragões e um deles incluía um encontro que ocorreu perto de uma pedreirana Europa. O relato é o seguinte:

"Um naturalista britânico e alguns colegas estavam realizando algumas pesquisas na área depois de terem sido notificados de " algo "estranho que foi visto mais cedo no ano, eles foram avisados para ter cautela na área. O local em que iriam realizar a pesquisa ficava na beira de um bosque ao lado de uma pedreira, depois de um tempo no local eles foram surpreendidos por extraordinária entidade. Medindo cerca de 1 metro de comprimento, eles viram o que se assemelhava a um dragão em forma de serpente com quatro membros curtos. No entanto, o que fez com quem eles soubesse quem não era um lagarto qualquer era a sua cabeça, que era semelhante ao de um cavalo, depois de um tempo o animal saltou en voo --- ondulante e se contorcendo ficou circulando cerca de 5 metros acima da superfície da pedreira em um grande círculo. Eles não foram capazes de lembrar de ter visto nenhuma asa, mas tinha uma longa cauda que terminava em um par de horizontal, como as nadadeiras do banguela do filme Como treinar o Seu Dragão (peguei esse exemplo por que é melhor que o original). A entidade era de cor verde e brilhava um pouco, mas era sólido , não translúcido ou etéreo, eles a observaram por 3-4 minutos, a uma distância de cerca de 20 metros, antes que ele finalmente desaparecesse em uma das inúmeras grutas e grandes fendas que ao redor da pedreira. O naturalista teve a nítida impressão de que esta criatura estava deliberadamente procurando mantê-los afastados, advertindo-os de se aproximar ainda mais em seu território ".

Em seguida, em seu livro, Animais Extraordinários revisitado em um capítulo intitulado "O Unmentionables" ele discute sobre a mesma criatura novamente, relatada em 2001 perto de uma pedreira em Powys, País de Gales, que também foi descrita como um dragão serpentina com quatro membros curtos, com uma cabeça em forma de um cavalo e ondulante que vo-ou cerca de 10 pés (3,3 metros) acima da superfície da pedreira em um círculo grande. Shuker escreveu que este relatório veio de um naturalista de boa-fé (que não foi identificado, por razões óbvias, o mundo acadêmico sendo como é), e que estava convencido de que:

"Ele não era nem uma ilusão de ótica, nem um modelo, mas foi verdadeiramente vivo, embora sua aparência era tão estranho que ele sentiu geladas pelo encontro." (Shuker 2007:. 281)

Lobo Voador de Gales


[img]hide:aHR0cDovL29yaWcxNC5kZXZpYW50YXJ0Lm5ldC8wYTFlL2YvMjAxMS8wOTUvNy84LzA5XzExX3NtYWxsX3NsZWVwaW5nX2RyYWdvbl9ieV9heGVfcWwtZDJuOWZqMy5qcGc=[/img]
O folclorista Mary Trevelyan entrevistou muitas pessoas idosas que vivem na área de Glamorgan do País de Gales no início do século dezenove. Estes lhe contaram histórias de sua juventude e em uma delas ele ficou curioso; Tratava-se de histórias sobre uma raça de serpentes aladas que viviam na floresta ao redor Penllyne Castle, um antigo castelo do período feudal. Supostamente, estes animais tinham crista nas cabeças e asas de penas. Estes animais também eram brilhantemente coloridos e brilhavam como se fossem coberta de jóias.
Estes animais podiam ser encontrados dormindo no chão de vez em quando, era aconselhável que ficasse afastado destes animais, pois se eles se sentissem ameaçados atacariam os intrusos voando. A Extinção destes animais estaria relacionado a mesmas do lobo e leão europeu, pois o gado era presa fácil para estes animais " muitos foram mortos para proteger o gado, deste então nunca mais se viu um" afirmou um dos entrevistados.

Uma senhora que contou a história disse que testemunhou seu avo matar um desses animais com sua espingarda depois de ter sido atacado. Ela ainda afirma que os ossos do animal ficaram em exposição em sua parede por anos. Infelizmente os ossos não chegaram a durar 2 séculos.

No entanto, já no início de 1980 algo começou a matar ovelhas de uma forma muito estranha no norte de Gales Os animais foram encontrados com duas marcas de perfuração na carne. Eles sempre foram encontrados perto da água. A Análise veterinária mostrou que eles tinham sido mortos por veneno. Às vezes, um grande rastro de cobra era visto na grama ou lama perto das vítimas. Estranhamente o assassino nunca comeu as ovelhas. Os assassinatos estranhos então pararam tão de repente como eles começaram deixando apenas um mistério inquietante.

Ao redor do Mundo


[img]hide:aHR0cHM6Ly91cGxvYWQud2lraW1lZGlhLm9yZy93aWtpcGVkaWEvY29tbW9ucy82LzZmL1Zhcm5hRHJhZ29ucy5qcGc=[/img]
Novamente em 2005, uma dupla de Europeus estava viajando pelo o país de Gales a carro quando viram algo muito estranho no céu. Tratava-se de um animal enorme voando bem baixo e que parecia ter um cavalo na boca. Era de cor marrom e de forma serpentina, possuía dois pares de asas e voava em forma de ondulações (pra quem jogou Dragon Age Inquisition, é mais ou menos aquilo.) O animal vo-ou por alguns minutos até que desapareceu de vista. Os dois rapazes não sabem o que diabos viram.

Outro avistamento moderno inclui de um enorme réptil alado que aterrorizou o vale de San Antônio, Texas por vários meses em 1976.
Outros avistamentos ocorreram no Tibet, onde os moradores disseram que um enorme monstro do tamanho de um busão, de pele verde com dentes formidáveis e assas gigantescas estava atacando o gado pela região do Lago Wembu.

Mais recentemente, um suposto dragão preto com escamas como as de um crocodilo teria sido visto por quinhentas testemunhas em julho de 2002 no LagoTianiche, nordeste da China
Monstros do Vulcão


[img]hide:aHR0cDovL29yaWcxMS5kZXZpYW50YXJ0Lm5ldC83OTI0L2YvMjAxMy8wMTMvNC9iL2RyYWdvbnNfYnlfODhncnplcy1kNXJkdzhlLmpwZw==[/img]
Em Outubro de 2012 caminhantes locais na ilha de St. Kitts, no Caribe oriental começaram a reclamar de constantes queimadas que apareciam e prejudicavam suas vidas alheias.

Depois de algum tempo moradores começaram a falar que dragões eram os responsáveis e que estes animais deixavam queimadas na ilha. Estes dragões eram normalmente vistos ao redor do vulcão dormente da ilha, Mt. Liamuiga.

Alguns dos caminhantes, alunos da Escola de Medicina Veterinária, da Universidade de Ross foram ao local para confirmar alguns dos relatos que de acordo com eles; "Foi como o maior pássaro que eu já vi". "Só vimos um enorme vulto escuro se movendo através da neblina. Infelizmente era tão quente que não dava pra chegar perto."

Esta não é a primeira vez que os visitantes a cratera da montanha relataram ocorrências estranhas no pico. Um grupo de turistas também relatou ter rajadas de chamas e ouvir um rugido abafado vindo das cavernas na parte inferior da cratera.

De fato, as queimadas eram tão frequentes que o governo local foi acionado.
"Todos os dias você descia a Bypass e via nuvens de fumaça negra subindo de alguma área ou outra. Existem campos queimados em torno de tudo quanto era lugar e nunca ninguém parece saber como o fogo começou ", explicou um morador local. "Vivemos com medo por nossas casas e as nossas condições de vida."

Autoridades do governo da ilha se recusaram a confirmar ou negar a presença de criaturas míticas vivendo no Mt. Liamuiga, insistindo que as chamas furiosas são "queimadas controladas para limpar os campos a favor do desenvolvimento." No entanto, os moradores acham difícil acreditar que tantas queimadas controladas seriam consistentes, pois ameaçavam as casas e empresas dos moradores da ilha e turistas que a visitavam.
Muitos acham a presença de dragões uma explicação mais plausível. Ainda mais com relatos de avistamentos, como foi o caso de um homem identificado como "Trent" que vive na ilha há 2 décadas e diz que durante um passeio ao redor da área em 1992 encontrou algo estranho que ele descreve como "um enorme ninho de passarinho feito de qualquer jeito" não demorou muito para o grupo ver uma enorme sombra voando muito rápido por suas cabeças por poucos segundos antes de desaparecer.
Já em 2012,logo após as queimadas, ele afirma ter visto oficiais do governo apareciam no local para fazer as queimadas parecer que eram controladas.
Frocharocha
Enviado por Frocharocha
Membro desde
37 anos, São Paulo
label