.

1080p vs 1440p vs 4K: Qual é a melhor resolução para jogos?

Enviado por renatito91, , 2196 visualizações, 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

Explicando as diferentes resoluções de tela


Clique para ver a imagem em tamanho original

Um dos principais fatores a se considerar ao escolher um novo monitor é a resolução. 1080p é a configuração mais popular usada atualmente, mas o 1440p e o 4K estão lentamente adquirindo maior relevância no mercado. Aqui estão as resoluções com as quais trabalharemos ao selecionar um novo monitor (ou TV, se você preferir jogar no sofá):

  1. 1280 x 720 - HD / 720p.
  2. 1920 x 1080 - FHD (Full HD) / 1080p.
  3. 2560 x 1440 - QHD / WQHD (Quad HD) / 1440p.
  4. 3840 x 2160 - UHD (Ultra HD) / 4K 2160p.
  5. 7680 × 4320 - FUHD (Full Ultra HD) / 8K 4320p.


4K é considerado o verdadeiro sucessor do 1080p. Ele duplica a resolução horizontal e vertical, basicamente sendo 4 vezes a resolução 1080p. Agora você poderá começar a entender exatamente o que está sendo perguntado sobre sua placa gráfica ao lançar um aplicativo ou um jogo mais pesado. Como mencionado acima, isso realmente depende do que o seu PC pode suportar. Queremos ter como objetivo um constante 60 quadros por segundo (FPS) como o mínimo absoluto para uma jogabilidade suave.

Taxas de quadros mais altas são melhores se o seu monitor puder lidar com isso. A maioria das telas de 1080p é de 60 Hz, enquanto telas mais caras de 120 Hz podem produzir 120 quadros a cada segundo. Uma boa opção pode ser um monitor de 1440p com uma taxa de atualização de 144Hz, o que permitirá que você desfrute de uma jogabilidade suave em uma resolução maior que a Full HD. Novamente, isso se a sua placa de vídeo e os componentes que a acompanham forem capazes de reproduzir essa resolução.

Os melhores monitores para jogos de PC


Clique para ver a imagem em tamanho original

Quando você precisa jogar no seu PC, você precisa de um monitor gamer que possa lidar com todos os pixels enviados pela sua GPU. Adicionar a tecnologia de sincronização realmente dará outra cara ao seu jogo, não importa qual seja. Dependendo de qual GPU você possui e quanto orçamento está disponível, temos as melhores recomendações para diferentes resoluções.

Embora tenhamos incluído o 720p na lista acima, não vá para essa resolução. Nunca. Um monitor de 1080p deve ser o seu ponto de entrada mínimo, com os displays se tornando bastante acessíveis em torno da marca de R$ 600. Você pode até escolher um com suporte para a tecnologia AMD FreeSync para jogos frenéticos.

Os proprietários de um Xbox One precisarão manter um monitor de 1080p, enquanto os proprietários do Xbox One S e do Xbox One X poderão optar por um monitor 4K. Já para os donos de PCs, quando deveram saltar para 1440p ou 4K?

Ainda mais pixels


Clique para ver a imagem em tamanho original

1440p
Um monitor de 27 polegadas (ou acima) para o seu gameroom será um investimento ideal, permitindo que você escolha uma tela que oferece uma taxa de atualização maior e mais resolução. O 1440p está se tornando mais popular à medida que os consumidores atualizam para um hardware mais potente a preços acessíveis. As mais recentes GPUs da AMD serão capazes de lidar com jogos a 1440p (assim como 1080p) e também suportarão VR.

Ver como o seu PC lida com jogos em 1080p seria uma maneira confiável de estimar como o 1440p vai se sair. Se você atingir constantemente o limite da taxa de atualização do seu monitor (60Hz sendo a norma, ou 60 quadros por segundo), o salto para um monitor de 1440p pode ser um aprimoramento ideal para sua experiência. Além disso, verifique os benchmarks de fontes confiáveis ​​para ver como sua placa gráfica e configuração podem lidar com a demanda extra. Procurar por um com uma taxa de atualização mais alta também permitirá que sua placa gráfica atualize a imagem na tela em taxas mais rápidas para ajudar a eliminar o blurring e o tearing com conteúdo em movimento rápido.

4K ou bust
A resolução 4K é algo totalmente diferente. Este é um formato incrivelmente exigente e só deve ser implantado se você tiver capacidade gráfica suficiente. Não estamos falando de especificações de ponta, mas de configurações absolutamente bestiais. Até mesmo a novo RTX 2080 Ti da NVIDIA pode sofrer com o poder de conteúdo para um display em 4K. Lembre-se, você precisa mirar em altas taxas de quadros, além de aumentar as opções gráficas e aumentar a resolução para melhorar sua experiência de jogo. E 100 FPS em 1440p seria melhor que 20 FPS em 4K.

Também é possível observar as configurações de SLI e de múltiplas placas ao considerar a entrada no mercado do Ultra HD (4K). Mas se você não tem condições de atualizar para uma tela maior ou simplesmente não sente a necessidade de fazê-lo, sua configuração Full HD de 21 polegadas é mais do que capaz de mergulhá-lo nos inúmeros mundos virtuais disponíveis para compra hoje em dia. Tudo se resume a preferência pessoal, orçamento e poder de computação disponível.

Ao olhar para novos monitores, você precisará calcular o seu orçamento disponível não apenas na tela, mas também no poder de computação necessário para poder desfrutar o máximo de qualidade gráfica. Se você possui uma placa poderosa, experimentou quadros estáveis ​​em 1080p ou tem uma nova placa NVIDIA GTX, o 1440p é definitivamente uma opção que não deve fornecer muitos problemas. A resolução, o tempo de resposta, as taxas de atualização e outros recursos valem a pena ser considerado como fatores.

Outros fatores além da resolução


Clique para ver a imagem em tamanho original

Há muitos outros fatores a serem considerados quando se trata de escolher um monitor. O que são tempos de resposta, taxas de atualização, FreeSync, G-Sync e tecnologias IPS e TN? Continue lendo.

Tempo de resposta
Medido em milissegundos (ou simplesmente "ms") este número representa a rapidez com que o monitor em questão é capaz de ir de uma cor a outra, conforme calculado e testado pelo fabricante. É recomendado que você tenha um tempo de resposta de cinco ms ou menos, para ajudar a evitar o ghosting. Ter um monitor com um tempo de resposta alto pode levar a problemas de rastros na tela, que é apenas mais um obstáculo no caminho para a imersão absoluta. Naturalmente, quanto menor o tempo de resposta, mais caro será o preço.

Taxa de atualização
A taxa de atualização de um monitor é o número de vezes por segundo que uma imagem exibida precisa ser regenerada para evitar imagens trêmulas quando visualizada pelo olho humano. Se a sua GPU conseguir gerar uma imagem para um monitor de 120 Hz 120 vezes por segundo, você desfrutará de uma excelente experiência de visualização. No entanto, se o seu PC não conseguir aguentar o jogo exigente, você verá uma falha na tela e engasgos quando o monitor e a GPU ficarem fora de sincronia. (Isso pode ser suavizado com a tecnologia FreeSync e G-Sync.)

FreeSync e G-Sync
Estes são sistemas desenvolvidos pela AMD e NVIDIA, respectivamente, que oferecem jogabilidade mais suave, ajudam a evitar o que é conhecido como "screen tearing" e também reduzem o atraso de comando. O que essencialmente ocorre é que o monitor e a placa de vídeo se comunicam entre si para adaptar a taxa de atualização atual para garantir que o que está sendo exibido na tela esteja em sincronia com o que está sendo renderizado. Se o monitor ou a placa estiver acima e além do outro, isso pode fazer com que a apareçam ''cortes'' na tela - linhas pretas na horizontal da tela.

Um monitor ideal para o jogador deve ser levado em consideração a resolução escolhida, o tamanho da tela, a taxa de atualização de 120 Hz ou mais, com dois ms ou menor tempo de resposta, e suporte para FreeSync ou G-Sync. Embora as GPUs da AMD suportem o FreeSync e as GPUs da NVIDIA funcionem com o G-Sync, a NVIDIA começou a certificar monitores específicos do FreeSync para trabalhar com suas GPUs. Cabe a você levar escolher o que mais lhe agrada e o que cabe no seu bolso.
renatito91
Enviado por renatito91
Membro desde
27 anos
label