.

Digital Foundry Sugere Downgrade em Atualização 1.6 de The Witcher 3 para PlayStation 4 Pro

Enviado por diii, , 477 visualizações, 0 comentários
The Witcher 3 da CD Projekt RED recebeu uma actualização e a versão 1.61 introduz suporte HDR na PlayStation 4 e PlayStation 4 Pro - um bónus bem-vindo para um jogo que está perto do terceiro aniversário. A chegada das melhorias PS4 Pro e Xbox One X tornou ainda melhor um jogo de 2015 nas consolas. Esta actualização HDR na PS4 devia ser a cereja no topo do bolo, mas algo não está certo - parece que a versão PS4 precisa de mais uma actualização.

Vamos ao positivo. O suporte HDR é muito positivo para as consolas PS4 e combina lindamente com a 4K checkerboard na PS4 Pro. Dá-lhe paridade com a versão Xbox One X e a nova área em Toussaint em Blood and Wine brilha em particular. O preço a pagar na Pro por esta melhoria é significativa: curiosamente, as distâncias de visão para vegetação e sombras estão claramente inferiores na 1.61 - especialmente no modo 4K. Isto gera um pop-in muito maior na relva - quase como se surgisse do chão a metros de ti, enquanto surgem mais sombras à tua frente.

No vídeo presente nesta página, verás The Witcher 3 a correr na v1.61 comparado com as capturas da v1.50 - os LODs inferiores são fáceis de ver e a comunidade reparou facilmente nisto, mas existe mais. A distância das sombras no modo 4K também foi reduzida.

Passear pelo mundo mostra que, felizmente, a maioria das coisas permanecem iguais. Mesmo caminhar por Novigrad verás que os objectos e NPCs surgem à mesma distância. O 'downgrade" não acontece em todas as definições - apenas árvores e plantas (e as sombras que geram) revelam problemas. A passagem para a nova actualização é uma espada de dois bicos: tens uma excelente implementação HDR, mas o detalhe do mundo não é o mesmo.

Isto é muito estranho tendo em conta as informações da CDPR sobre a actualização listam suporte HDR, optimizações da performance e até pequenas melhorias visuais. Mas como já vimos no passado em The Witcher 3, é um caso de um passo em frente e um passo para trás. Infelizmente, não existe um modo a 60fps como na Xbox One X e as consolas Xbox One não são afectadas por este problema.

Porque é que isto acontece? Nada indica que o suporte HDR afecte a performance e supondo que existe uma pequena percentagem de variabilidade ao activar a HDR, não sabemos como alterar os LODs das sombras e vegetação estaria ligado a isto. Apenas como optimização do suporte HDR é exagerado para um jogo que corria bem a 30fps na v1.50, com a excepção da área Crookback Bog. Pior ainda, estas distâncias de visão inferiores na Pro acontecem mesmo sem HDR - uma boa prova que não são propositadas.

E sobre a performance melhorada? Bem, isto é verdade, mesmo em Crookback Bog. Os testes ao rácio de fotogramas no modo 4K na v1.61 está ligeiramente melhor do que na v1.50, em que o jogo não chega a 30fps, provavelmente devido às alterações nos LODs de sombras e vegetação. Também é curioso que a CDPR tenha integrado uma v-sync adaptável, comparado com a v-sync completa na primeira actualização da Pro.

Os efeitos da v-sync adaptável manifesta-se como tear no topo do ecrã quando o motor passa por dificuldades - isto permite ao jogo baixar a latência apresentando um novo fotograma se o tempo de renderização ultrapassar o orçamento, ao invés de esperar até 16ms por um novo refrescar do ecrã. Se isto se deve à v-sync adaptável ou às mudanças nas mudanças nas sombras e LODs, a performance nesta actualização melhora por uma margem de 2-3fps no geral. Mesmo assim, existem quedas fortes para meios 20s quando o inimigos explodem, ao jogar a 4K.

Existe ainda outro ponto nesta história. Vamos supor que já instalaste a v1.61 mas queres recuperar as definições antigas - existe uma opção para o fazer na PS4 Pro. Escolher o modo 1080p no menu da consola - sem super-sampling - dá-te de volta as distâncias de visão e são as mesmas definições visuais da v1.50, mas sem a oclusão ambiental melhorada presente no modo 4K.

A grande vantagem deste suporte 1080p é a performance sólida - mesmo Crookbag Bog corre a 30fps perfeitos, os jogadores Pro que preferem super-sampling de 4K podem aceder isto através do menu da consola. Este novo suporte 1080p corrige um problema que existia em que a performance não era tão boa como ao jogar com o modo Boost. Agora, está melhor.

Existem prós e contras nesta nova versão The Witcher 3 na PlayStation 4. A HDR é uma boa actualização, a ligeira melhoria no rácio de fotogramas é bem-vinda e apesar do suporte 1080p não se comparar ao modo 60fps que tens na Xbox One X, é uma boa opção se jogaste anteriormente com o Boost Mode e preferes uma performance estável - mas era preferível uma opção. No entanto, os cortes no modo 4K são um problema e não ficam bem numa apresentação ultra HDR. Vamo esperar que estes problemas graves sejam corrigidos.



diii
Enviado por diii
Membro desde
31 anos, Vitória
label