.
4

Análise do jogo "Grand Theft Auto: Chinatown Wars" para PSP escrito por Uol Jogos

Escrito por Uol Jogos, nota 4 de 5, enviado por Anônimo,
[img]hide:aHR0cDovL3d3dy5nYW1lZ2VuLmNvbS5ici93cC1jb250ZW50L3dvb19jdXN0b20vMjU4LWd0YS5qcGc=[/img] "Grand Theft Auto: Chinatown Wars" foi lançado em março para o DS, portátil da Nintendo. Desenvolvido para aproveitar as possibilidades específicas da plataforma, como a tela sensível ao toque, o jogo trouxe de volta a visão aérea, típica dos primeiros games da franquia da Rockstar Games. Produzido pelo estúdio Rockstar Leeds, o game foi muito bem recebido por público e crítica. Agora, "Chinatown Wars" ganha uma versão para PSP, plataforma portátil da Sony. Trata-se do mesmo jogo lançado para o DS, adaptado para o formato de tela maior do PSP e algumas missões exclusivas. [img]hide:aHR0cDovL2FuZHJld3NtaW5kLmZpbGVzLndvcmRwcmVzcy5jb20vMjAwOS8wNC9jaGluYXRvd24td2Fycy5qcGc=[/img] ____________________________________________________________________________ [b]De um portátil para o outro[/b] Em "Chinatown Wars" o jogador assume o controle de Huang Lee, recém-chegado a Liberty City após a morte de seu pai, notório mafioso chinês. Huang logo se torna um capanga do próprio tio, chefão da máfia chinesa na cidade, e se envolve com outros malandros típicos do submundo criado pela Rockstar, realizando missões que envolvem todo tipo de contravenção, como roubo de carros, assassinatos, extorsão e corridas ilegais. [img]hide:aHR0cDovL2Jsb2cuaXNob3B2aWRlb2dhbWUuY29tL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDA5LzA2L2d0YS1vbi0KcHNwLmpwZw==[/img] ____________________________________________________________________________ [b]Conheça a história de Huang[/b] A maior diferença entre a versão para PSP e o game original está na execução dos minigames que compõem boa parte da mecânica de jogo de "Chinatown Wars". Ao roubar um carro, por exemplo, tem início um minigame para desativar o alarme e fazer a ligação direta. No DS, tudo era feito pela tela de toque, já no PSP, o jogador deve utilizar os botões e o direcional. O novo sistema funciona, mas nem sempre é confortável, dada a disposição dos botões no PSP. Os gráficos apresentam uma leve melhora em relação ao original. A iluminação e efeitos visuais como explosões e fumaça, assim como algumas texturas do cenário são muito bem feitos, mas de uma forma geral, o visual é idêntico ao do portátil da Nintendo, não exigindo muito do poderio gráfico do PSP. A trilha sonora, em compensação, é bem melhor nesta nova versão de "Chinatown Wars". [YOUTUBE]http://www.youtube.com/watch?v=f8DkCjSNB1c[/YOUTUBE] ____________________________________________________________________________ [b]Minigames de contravenção[/b] Como de costume nos jogos da série GTA, há várias atividades paralelas. Dirigir táxis, socorrer feridos com ambulâncias, perder dinheiro com "raspadinhas" ou encontrar as rampas de salto e as câmeras de vigilância escondidas pela cidade são parte da experiência, mas o grande destaque aqui é o tráfico de drogas. Além de fonte de enriquecimento rápido, é a parte mais divertida do jogo. Para se dar bem não adianta ter um estoque de entorpecentes, mas ficar de olho em quem está vendendo e quem está comprando cada tipo de droga e assim, intermediar a operação, que pode ser uma negociação tranqüila ou uma emboscada da polícia. No PSP, "Chinatown Wars" conta com algumas melhorias, como a possibilidade de retornar direto para o começo da missão em caso de falha e de, ao recomeçar a tarefa, pular parte do trajeto que já tenha sido feito até a ação propriamente dita. São técnicas vindas de "GTA IV" e que tornam o jogo mais ágil, o que é especialmente útil em uma plataforma portátil. Dirigir pela cidade também é melhor no PSP, graças à tela mais larga. O uso do GPS, porém, pode incomodar algumas pessoas, já que é preciso ficar de olho na pista e no mini-mapa. Há uma opção para que o traçado do GPS apareça nas ruas, o que facilita a movimentação. As missões exclusivas dessa versão introduzem a repórter Melanie Mallard, que acompanha Huang em suas atividades ilícitas, gravando tudo para tornar-se uma repórter famosa. A melhor parte é a missão "Half Cut" em que uma droga experimental vendida por Huang transforma os usuários em zumbis viciados, que perseguem a dupla pela cidade. Também há seis modalidades multiplayer. Infelzmente, as partidas só podem ser realizadas em multiplayer local, via conexão ad hoc. ?? possível competir em corridas com os amigos, disputar quem chega primeiro até uma valise de contrabando e um divertido modo cooperativo chamado "Defend the Base", em que o jogador e um amigo devem proteger uma área dos ataques inimigos em até oito cenários diferentes. [YOUTUBE]http://www.youtube.com/watch?v=ontfqzF59JE[/YOUTUBE] ____________________________________________________________________________ [B]ConsideRA????ES[/B] Mesmo decepcionando no quesito gráfico, "Grand Theft Auto: Chinatown Wars" é uma boa adaptação de um grande jogo e ótima adição ao catálogo do PSP. A Rockstar Leeds conseguiu converter os controles do jogo para o formato tradicional adotado pelo PSP e acrescentou missões extras ao pacote. "Chinatown Wars" é uma combinação explosiva entre o passado e o presente da franquia GTA e suas mecânicas inovadoras devem influenciar os próximos jogos da série.
Fonte: Uol Jogos
label