.
4.5

Análise do jogo "Battlefield 1943" para PS3 escrito por Uol Jogos

Escrito por Uol Jogos, nota 4.5 de 5, enviado por Giordano Trabach,
Desde a explosiva estreia nos computadores, em 2002, a série "Battlefield" rendeu inúmeras continuações e variantes que, somadas, já venderam quase 5 milhões de cópias. Agora os pais da franquia, os suecos da DICE, exploram novos meios de utilizar a marca, primeiro com um jogo online gratuito para PC, "Battlefield Heroes", e agora com este "Battlefield 1943", vendido por download. Um jogo da complexidade de um "Battlefield" vendido por download? ??, dá para ficar com um pé atrás. Mas não se engane, este novo exemplar da série, ainda que fortemente simplificado, possui a mesma mecânica característica da grife e promove eletrizantes combates, misturando uso de veículos a mapas gigantescos. [t1]Batalha enxuta[/t1] "Battlefield 1943" é uma espécie de remake do primeiro jogo da série, mas que preferiu se focar nos melhores momentos. Assim, só é possível jogar no modo principal online, o "Conquest", que é aquele em que os grupos precisam dominar áreas dos 3 mapas disponíveis no pacote - Guadalcanal, Iwo Jima e Wake Island. O jogador pode escolher entre três classes distintas: Rifleman é sujeito que carrega um rifle e tem bom desempenho em tiros de média distância; Infantry é aquele que carrega a metralhadora para combates mais próximos; enquanto o Scout é o atirador de elite que despacha inimigos de longe. Todos carregam explosivos e a munição é reposta automaticamente, aos poucos, então o fator determinante é quantas balas você consegue economizar entre uma recarga e outra, para não ficar na mão quando um inimigo surgir a um palmo de distância. No meio disso tudo há ainda jipes, aviões, tanques e o famoso ataque aéreo para tornar tudo mais dinâmico, inesperado e estratégico - complicado também, claro, pois há uma curva de aprendizado considerável para aprender a pilotar tudo de forma efetiva. Os combates suportam até 24 jogadores simultâneos, o que é um marco para este tipo de jogo nas redes Playstation Network e Xbox Live. O início das operações foi um pouco complicado, com problemas de autenticação e queda de servidores, mas a rapidez da DICE em solucionar os problemas livrou os jogadores de um trauma mais significativo. Hoje é possível dizer que o jogo funciona de maneira exemplar e já há muitos usuários brasileiros se organizando para partidas. Vem bem a calhar o sistema de criação de salas, que permite que você convide amigos para se juntar em uma determinada partida. Tudo isso com suporte a ranking e experiência de acordo com seus feitos no decorrer dos combates. Na apresentação o jogo também impressiona. Em muitos momentos é difícil acreditar que o jogo é distribuído por download em cerca de 500 megas. Os modelos são razoavelmente complexos, as texturas são competentes e s taxas de animação são geralmente bem estáveis, mesmo com alguns elementos destrutíveis nos mapas. Há alguns bugs aqui e ali, principalmente em alguns errinhos de colisão, mas ainda assim é uma experiência muito interessante diante da limitação de recursos. [t1]Considerações[/t1] "Battlefield 1943", por recauchutar elementos do "Battlefield 1942", pode parecer como um mero caça-níqueis por alto. Mas logo é possível perceber que se trata de um projeto bastante ambicioso, que compacta os melhores momentos e as maiores sensações geradas por aquele clássico game de tiro em um pacote barato e eficiente. ?? uma maneira rápida e fácil de curtir "Battlefield" com seus amigos, com direito suporte para até 24 jogadores, voz e troféus, além da possibilidade de adquirir novos mapas ou extras em downloads vindouros.
Fonte: Uol Jogos
Giordano Trabach
Enviado por Giordano Trabach
Membro desde
23 anos, Espírito Santo
label