.
8

Análise do jogo "Alien Versus Predator" para PC escrito por Outer Space

Escrito por Outer Space, nota 8 de 10, enviado por Giordano Trabach,
[b]Data da Análise: 27/09/1999[/b] Alguns seres de outros planetas, mais inteligentes, vêm à Terra em paz, para curtir games, garotas e máquinas possantes??? porém, os mais ignorantes vêm para matar. Esse é o anseio dos Aliens e dos Predadores que acabou rendendo um jogo desenvolvido pela empresa inglesa Rebellion e que foi muito esperado pelos fãs de jogos de ação desde o anúncio de seu lançamento. Você deve estar se perguntando: ???Quem é essa tal de Rebellion????, ???Que diabos eles sabem sobre Aliens e Predador???? Bem, eles sabem muito. Foi essa empresa que desenvolveu o Aliens vs. Predator para o console Jaguar há mais ou menos 5 anos e agora estão de volta trazendo seu know-how para a plataforma PC. [t1]Seres da Terra e do espaço[/t1] A maior façanha em AvP é o fato de permitir a jogabilidade em três estilos e ambientes totalmente diferentes. Como o próprio nome implica, você pode se juntar à briga como um Alien ou como um Predador. Além disso, pode-se optar em defender a raça humana contra as forças do outro mundo jogando como um Fuzileiro Naval. Cada personagem possui suas próprias fases, objetivos e estilos de se jogar. A variedade de personagens e suas peculiaridades é incrivelmente refrescante em um gênero que está saturado de clones e reedições que raramente são dignos de ocupar um lugar nas prateleiras das lojas. Cada uma das três raças possui suas próprias vantagens e desvantagens no jogo, como descrito abaixo: [t1]Alien[/t1] Distante o mais rápido das três raças, o Alien usa sua velocidade para atacar e esquivar de seus oponentes. Outras grandes habilidades são a de poder se agarrar em quaisquer superfícies e saltar longas distancias, tornando-o um personagem difícil de entrar em apuros. Dessemelhante dos outros personagens, todas as armas do Alien estão em sua própria estrutura corporal como garras mais afiadas que as facas Ginsu, uma cauda mortal e mandíbulas com dentes que podem mutilar os oponentes em apenas um golpe. O ataque com as mandíbulas também recupera sua energia vital, sem mencionar que proporciona um macabro porém belo espetáculo de desfiguração de seus adversários. Uma vez que o Alien não possui armas para um ataque à distancia, ele requer do jogador maior destreza e uma visão mais estratégica do ambiente: Esconder-se, agarrar-se no teto de um local e esperar calmamente a vítima se aproximar são táticas mais eficazes do que correr em disparada em direção ao oponente para golpeá-lo. Quando olhando pelos olhos do Alien, seu campo de visão é maior comparado com o do Fuzileiro e o Predador dificultando que caia em emboscadas. Outra vantagem de sua visão é a habilidade de notar a presença de um inimigo à distância, pois eles ficam em evidência devido à uma aura que circunda o oponente distinguindo-o do ambiente. Existe ainda uma segunda opção de visão que permite melhor visualização no escuro, porém esse modo sacrifica a aura diminuindo o campo visual. A maior desvantagem do Alien é sua debilidade na defesa: ele pode ser facilmente derrotado com um bom tiro com a Spear Gun (Predador) ou uma rajada com a Smart Gun (Fuzileiro). [t1]Predador[/t1] O Predador é um caçador universal e ele tem o poder de fogo para provar isto. Armado com lâminas no pulso, uma pistola de energia, uma Spear gun (atira lanças), um canhão de plasma situado em seu ombro e um disco afiado, ele é um inimigo formidável. O Predador também carrega consigo um item chamado Medicomp que é usado para recuperar sua energia vital. Tudo isto mais sua habilidade de disfarçar, suas visões com miras específicas e o zoom de longa distância de seu capacete faz do Predador um oponente poderoso. O Predador possui diversos modos de visão. Em uma circunstância normal, sua visão é similar ao Fuzileiro, mas ele pode alterar para visões térmica (que evidencia humanos), elétrica (que evidencia os Aliens) e outra chamada Predtech (que evidencia os próprios Predadores e suas armas). Logo, a visão funciona com uma raça específica, por exemplo, quando estiver caçando humanos utilizando o modo térmico, você não poderá enxergar claramente os Aliens. A maior vantagem, sem sombra de dúvidas, é a habilidade de disfarce: com um simples pressionar de um botão o Predador pode desaparecer de vista. A única desvantagem que sofre é que quase todas suas ações requerem uma energia especial e existem muito poucos itens que reabastecem esta energia obrigando o jogador a ser bastante cauteloso, inteligente e conservativo na utilização de itens e armas. [t1]Fuzileiro Naval[/t1] Você deve estar se indagando: ???Como um mero humano conseguirá sobreviver em um ambiente cercado de horrendas criaturas do espaço prontas para arrancar o seu couro???? Ou então afirmando: ????? impossível lutar contra seres tão astutos e poderosos???. Realmente, os extra-terrestres são mais espertos e evoluídos que os humanos (isto serve para todos eles, inclusive os editores de sites sobre jogos). Mas no caso do Fuzileiro as coisas são um pouco diferentes devido ao seu arsenal de armas como o Pulse Rifle, a veloz Smart Gun (que localiza automaticamente o inimigo), um lança-chamas, um lança-foguetes, um lança-granadas e uma minigun (são pegos durante o jogo). Quando jogando com o Fuzileiro, é conveniente manter seus oponentes à distância, detonando-os com a Pulse Rifle ou a Smart Gun. Se eles chegarem perto, equipe o lança-chamas para e dê neles uma tostada especial pra ficar igual pastel de rodoviária. A grande desvantagem do Fuzileiro é sua fraca constituição, comparado com o Predador, e sua disfunção de enxergar no escuro. Mas alguns itens o ajudarão como os ???flares???, que cegam os inimigos por alguns segundos, o intensificador de imagem, que permite enxergar em ambientes muito negros e um sensor de movimento, que detecta a aproximação de seres. Você só não pode sair atirando em tudo que move senão vai matar seus próprios companheiros humanos. Apesar do jogo quebrar alguns paradigmas no quesito jogabilidade, infelizmente ele segue algumas velhas rotinas do gênero: além da estória ser fraca, os objetivos se resumem em correr, matar tudo o que aparece na frente, procurar um botão ou chave para abrir a porta para o próximo nível e blá, blá, blá... Outras características diferenciadas como os variados modos de visão e a habilidade de subir pelas paredes ajudam, mas não fazem este jogo fugir do estilão básico dos shooters em 1a. pessoa. O que realmente cativa neste jogo é a atmosfera. Nas missões do Alien e do Fuzileiro você irá sentir como se estivesse dentro de um filme de terror / ficção. Se jogado à noite e com luzes apagadas, somado com o ambiente e a música que é estilo dos filmes Aliens, ele se torna uma experiência tão angustiante e aterrorizante que se tem nitidamente a sensação de perigo e, se por acaso, de repente, sua mãe aparecer e abrir a porta do quarto é capaz de você gritar e pensar que ela é um alien. [t1]Tecnicamente bom[/t1] O som é bom. As músicas contribuem para montagem de um ambiente de suspense inigualável nesse estilo de jogo. Os efeitos sonoros são simples mas compatíveis. Os gráficos são bons. O ambiente, apesar de imersivo, não é muito detalhado e consistente. Mesmo que a plataforma usada em AvP não é tão bonita e detalhada como Half-Life ou Unreal, os designers de arte fizeram um excelente trabalho na utilização de ambientes escuros, sombrios, sujos e com uma arquitetura bem ???Filme Alien???. Outro fator positivo são os personagens que, além possuir boas animações e até expressões faciais, quando olhados de perto, possuem o coeficiente de mutilação maior existente (Espero que você não esteja comendo quando ler isto): pode-se decepar cabeças, membros, dedos e partir o inimigo no meio fazendo com que jorre sangue pelas artérias sujando todo o ambiente e formando poças por toda parte. O design das fases não tem nada de espetacular. Os níveis são grandes, mas muito instintivos quase não existindo decisão de qual caminho tomar. Mas o maior erro cometido pela Rebellion foi o fato de não poder salvar durante o jogo ??? ele é salvo automaticamente quando se completa uma fase. Tudo bem que isso aumenta a durabilidade, porém o torna muito, muito, mas muito frustrante (quando eu digo muito, é por que é muito). Imagine jogar uma fase que dura 30 minutos e quando estiver 90% completada você morre e tem que começar do início? Isso deixa qualquer viciado em Lexotan furioso. Mas, felizmente, mais tarde fui descobrir que este defeito foi corrigido com um arquivo de atualização. No modo Multi-jogador as coisas são bastante diferentes. Existe uma boa variedade de confrontos: Deathmatch, Deathmatch entre espécies, colaboração, tag e último sobrevivente. Mas o jogo se torna injusto: O Predador é sem dúvida o mais poderoso inimigo. Imagine você, jogando com um Fuzileiro, com apenas uma arma, em campo aberto contra quatro oponentes predadores, armados até os dentes, invisíveis, com mira automática e visão térmica, identificando você de longe? Tem graça? Acaba que vira confronto entre Predadores, que aí sim é divertido. [t1]O Veredicto:[/t1] Merece lugar entre os melhores jogos em primeira pessoa que existem. Não por que ele seja maravilhoso, excelente ou inovativo mas sim por que se equivale aos bons jogos que existem e por que possui um clima envolvente jamais visto no gênero. Vale a pena dar uma olhadela neste Alien vs Predator. [t2]Prós:[/t2] + A jogabilidade é a melhor do gênero ; + O Ambiente conduz o jogador para dentro do jogo, causando um suspense inexplicável; + Efeitos de luz formidáveis; + A música acaba de dar o clima aterrorizante; + Não enjoa pela variedade de personagens e missões; [t2]Contras:[/t2] - Frustrante: começa com uma dificuldade boa depois fica impossível; - Predador se torna rei no modo Multiplayer.
Fonte: Outer Space
Giordano Trabach
Enviado por Giordano Trabach
Membro desde
23 anos, Espírito Santo
label