.
9.6

Análise do jogo "World in Conflict" para PC escrito por GameVicio

Escrito por GameVicio, nota 9.6 de 10, enviado por Lucas_T11,
Este é mais um jogo de Estratégia em Tempo Real, mas diferentemente dos concorrentes, inexiste a possibilidade de exploração de recursos para construção, pois aqui, praticamente, só a batalha é o que interessa. A economia é deixada para o pessoal de colarinho branco. No jogo somos apenas generais militares e temos somente que nos preocupar em organizar os exércitos. ?? muito parecido com um jogo de xadrez, cada unidade tem seu ponto forte e fraco bem definido. Como foi dito, o importante é estar em guerra o tempo todo, pois quanto mais inimigos e construções você destruir, ganhará pontos para utilizar a artilharia, e, em alguns momentos, só é possível derrotar o inimigo graças a ela, além de dar um show de destruição e fumaça, lindo de se ver. [title]Enredo[/title] A história não é totalmente original, mas muito bem contada. O jogo se passa num ambiente, no qual, as foças militares soviéticas não foram destruídas com o fim da Guerra Fria e resolvem invadir os EUA, após terem invadido a Europa. O obejtivo é tentar conter essa invasão vermelha, tanto em campos americanos (90% do jogo) como em campos de batalha europeu, onde se joga com a Otan. [title]Gráficos[/title] Em relação aos gráficos, o jogo fica muito leve se colocado em Low, com uma média acima de 40 FPS. Mas perde-se muito de seus lindos efeitos. Mas se tem um PC de última geração, com o Vista instalado, poderá usufruir do DirectX 10, e ter gráficos lindos e grandes efeitos especiais (fumaça, iluminação, explosões, etc). Com destaque para a explosão nuclear, que fica linda (perdoem-me os japoneses de Hiroshima e Nagasaki). [title]Jogabilidade[/title] Para obter recursos para recrutar soldados, terá que conquistar e manter alguns pontos sob controle que estão em círculos vermelhos (inimigos), azuis (aliados) e verdes (do jogador). Para conquistá-los deve-se colocar alguma unidade sobre o círculo e esperar. Enquanto for destruindo inimigos, ganha-se alguns pontos extras que serão utilizados na artilharia, dependendo da força de destruição que ela pode causar, mais pontos irá gastar. [i](Para usá-la, é só clicar no menu de artilharia que estiver liberado e em seguido onde será causado o estrago, depois espere alguns segundos e veja as bombas cair.)[/i] [title]Som[/title] Som de primeira qualidade, principalmente as dublagens, que tem até a participação do ator Alec Baldwin. [title]Conclusão[/title] O jogo é muito bom, recomendo a todos os fãs de estratégia, as batalhas são muito parecidas com as do Medieval II, sem muita comparação com o Company of Heroes, que é bem diferente. Além de ser um pouco mais leve que o CoH, nele não pode perder tempo com nada, as decisões devem ser rapidamente tomadas, bom para afinar o raciocínio. Para quem não tem um PC top de linha, é uma ótima opção dos últimos lançamentos, pois poderá ser jogado tranquilamente do início ao fim. Em relação à quedas de FPS, acontece quando grandes explosões e em muita quantidade aparecem, porém não chegam a atrapalhar em nada o andamento do game, pois de qualquer maneira ficará assistindo toda beleza da destruição que ela causará. ------------- [title]Notas[/title] [b]Jogabilidade:[/b] 9,0 (Não precisa jogar várias horas para dominar os controles, que são simples e pelo ótimo enredo.) [b]Áudio:[/b] 9,0 (??timas dublagens, sons de explosões, tiros, veículos, bombas, ...) [b]Enredo:[/b] 9,0 [b]Gráficos:[/b] 9,5 (Tem para todos os gostos, desde um PC humilde (DX9) à um PC de última geração (DX10), todos ficarão satisfeitos.) [b]Muliplayer:[/b] 9,0 (No máximo para 16 jogadores, dando ênfase aos clãs que podem fazer várias personalizações, além da opção Massgate, no qual, você pode procurar partidas on-line e entrar no jogo.)
Fonte: GameVicio
Lucas_T11
Enviado por Lucas_T11
Membro desde
35 anos
label