.
7

Análise do jogo "Warsow" para PC escrito por GameVicio

Escrito por GameVicio, nota 7 de 10, enviado por Anônimo,
Com um nome inspirado no antigo nome da banda Depeche Mode, Warsow (Um acrônimo de "Warsow is the Art of Respect and Sportmanship Over the Web") é um jogo de tiro em primeira pessoa focado no multiplayer simples e descompromissado criado a partir da engine de Quake 2 (que se tornou open-source em 2002). O jogo, gratuíto, ainda está em desenvolvimento mas mesmo assim, Warsow tem muito a oferecer. [img]hide:aHR0cDovL2ltZzI2OC5pbWFnZXNoYWNrLnVzL2ltZzI2OC80NDA0LzEwMzU1ZjNyZXNpemVkLmpwZw==[/img] [t1]Jogabilidade[/t1] Para quem jogou jogos de FPS da velha guarda como Quake 3: Arena, então já deve esperar o que você pode encontrar neste jogo. Você vai encontrar armas que são nada menos que reencarnações das armas que você vê em Quake embora umas poucas delas (na verdade duas) são originais do jogo e também econtrará espalhados pelo mapa munições (com a caracterítica que existem dois tipos de munições no jogo: uma fraca e outra forte), itens que restauram sua vitalidade (que diminui caso ela esteja acima de 100 pontos), armaduras e claro Quad Damage. Só que as semelhanças com Quake termina aqui. Em Warsow é empregado o uso de um comando chamado "Special" em que usando o botão direito do mouse você fará que seu personagem dê um 'dash' na direção ao qual você estiver se locomovendo. O uso de "Special" também serve para pular pelas paredes e subir corrimões com mais rapidez. Outra característica do jogo é que o uso do famoso Bunny Jumping (ficar pulando sem perder a velocidade) é incentivado. E quanto mais você ficar fazendo Bunny Jumping mais rápido seus movimentos ficam. Isso faz com que Warsow seja um jogo de ritimo frenético. Sobre os modos de jogo, Warsow oferece muito mais do que a maioria dos jogos no estilo de Quake oferece. Além dos onipresentes Death Match (e sua versão Team) e Capture the Flag existem modos que fizeram outros jogos do gênero populares. O modo Bomb por exemplo é tirado de Counter Strike. Você poderá até mesmo escolher quais serão suas armas primárias e secundárias na partida e deverá proteger um dos dois pontos ao qual o adversário pode colocar a bomba. Há ainda o Capture the Flag Tatics que é reminescente da fórmula de Team Fortress em que você escolhe um tipo de profissão, cada uma com seus pontos fortes e fracos. Mesmo sendo um jogo em que o foco é o multiplayer, você pode perfeitamente jogar Warsow com BOT's para partidas off-line também. [t1]Gráficos[/t1] Os gráficos de Warsow usam Cel Shading que é um tipo de renderização em que os personagens ficam com uma aparência mais cartunesca (e que, se não me falha a memória, foi usado pela primeira vez no jogo Jet Set Radio de Dreamcast). E durante o combate, você pode ver onomatopeias e outros detalhes vistos nos quadrinhos (como o "Boom" quando um míssil atinge algou ou ainda um "ouch" quando um inimigo sofre um dano alto). Se existe algo que pode fazer com que gamers "hardcore" de FPS torcam o nariz é a total ausência de violência no jogo, claro que o gênero FPS é um gênero violento por sí só afinal envolve atirar em outras pessoas, mas o que eu quero dizer é que não há um único glóbulo vermelho no jogo. E embora seja possível explodir seus oponentes, um detalhe engraçado, eles se explodem em blocos que mais parecem terem saido de Tetris. A escolha pelo gráfico em Cel Shading tem 2 motívos principais, de acordo com os desenvolvedores, o estilo de gráfico foi escolhido por que eles não tem interesse em criar um jogo que use gráficos poderosos e ultra realistas e reduzir o impacto da violência do jogo para quem estiver assistindo. E falando em gráficos poderosos, o jogo oferece controle total sobre os efeitos visuais. Para começar, você pode jogar Warsow a partir de uma resolução de 320 x 240 chegando aos absurdos 6144 x 1536. Sem contar com a escolha do tipo de renderização dos gráficos, aplicação de contorno nos personagens e/ou cenários e configuração de sombra e luz dinâmica. [img]hide:aHR0cDovL2ltZzgzNC5pbWFnZXNoYWNrLnVzL2ltZzgzNC8zODYyL3dhcnNvdzIucG5n[/img] [t1]Música[/t1] Os efeitos sonoros de Warsow são bastante genéricos nada de espetacular. Outro detalhe é a voz dada aos BOT's que são apáticos e sem graça. A trilha sonora do jogo é bastante genérica também e algumas músicas não combinam com a ação rápida e frenética de Warsow. [t1]Pontos negativos[/t1] Para quem quer jogar off-line, os BOT's nos outros modos de jogo tendem a fazer burradas. Eu tive este tipo de experiência quando eu joguei uma partida de CtF em que um BOT que estava com a bandeira adversária ficou perambulando perdido pelo mapa. Um ajuste melhor na IA deles poderá ser aprimorada em suas próximas atualizações. [t1]Conclusão[/t1] Warsow certamente não irá substituir MW3, BF3, e qualquer outro FPS de vanguarda. Entretanto, para quem não tem um PC poderoso e gosta de um tiroteio bem no estilo da velha guarda e sem compromisso, o jogo pode ser do seu agrado. E com custo zero. Você poderá baixar Warsow para PC, Linux e MAC neste endereço: [url]hide:aHR0cDovL3d3dy53YXJzb3cubmV0Lw==[/url] [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=N8EIEjzEOrI[/youtube]
Fonte: GameVicio
label