.
8

Análise do jogo "The Elder Scrolls V: Skyrim" para PC escrito por GameVicio

Escrito por GameVicio, nota 8 de 10, enviado por beckyolt,
The Elder Scrolls V: Skyim , como todos sabem, é o mais recente jogo da Bethesda de série de RPG de fantasia The Elder Scrolls, focada em exploração e em enormes mapas repletos de conteúdo. O jogo já vendeu 10 milhões de cópias até agora. [t1]HISTÓRIA[/t1] O jogo se passa 30 anos após a Grande Guerra do Império contra o Domínio Aldmeri, um reino élfico controlado por um grupo de elfos fanáticos e racistas chamados de Thalmor. A guerra resultou em um sangrento empate e um acordo de paz desconfortável, de acordo com o qual o Império devia banir a adoração ao deus Talos e permitir a agentes Thalmor executar adoradores de Talos. Tal medida enfureceu os nórdicos da província imperial de Skyrim - cujo povo tinha grande adoração por Talos - onde o lorde Ulfric Stormcloak assassinou o Alto Rei de Skyrim, um fantoche do Império, tomou seu trono e declarou Skyrim um reino independente, o que fez o Império mobilizar seus exércitos para sufocar a revolta. Mas a guerra civil não poderia ter acontecido em pior hora: Depois de milhares de anos os dragões estão voltando a Skyrim , liderados por Alduin - o dragão considerado pelos nórdicos o precursor do Apocalipse - um perigo que ameaça não só Skyrim , mas o continente de Tamriel inteiro, e até mesmo o mundo inteiro. [img]hide:aHR0cDovLzMuYnAuYmxvZ3Nwb3QuY29tLy0wdXJCZmlrcEJqSS9UdFFiTXNzdnB6SS9BQUFBQUFBQURrNC9TbXdOVlFjQS1Jcy9zMTYwMC9Ta3lyaW0tVmlsbGFnZS5qcGc=[/img] Embora tenha uma idéia bem interessante, a história de TESV: Skyrim é medíocre. Não por ser clichê, mas, o que condena o enredo desse jogo, são os personagens e o diálogo. O diálogo é extremamente superficial e entediante, você não forma nenhum vínculo com personagens. De fato, vários jogos já mostraram que uma história clichê não é problema , o importante é uma boa narrativa, bom diálogo e personagens cativantes - o exemplo supremo disso sendo Dragon Age: Origins, que tinha uma história bem clichê, mas que era fantástica, por ter personagens e diálogo cativantes. Na verdade, há vários NPCs em Skyrim muito mais interessantes que os personagens principais, e quests secundárias muito mais legais que a quest principal. [b]HISTÓRIA: 6/10[/b] [t1]GRÁFICOS[/t1] Em termos de gráficos Skyrim não é nenhum The Witcher 2 ou Crysis, mas é bastante bonito, com paisagens como montanhas e colinas distantes sensacionais e efeitos como chuva e neblina muito bem feitos. Sem falar nas auroras boreais! No entanto Skyrim sofre com muitas texturas borradas - principalmente em áreas de neve - algumas animações desajeitadas e com expressões faciais dos NPCs muito pouco naturais. Mesmo com esses problemas não deixa de ser um jogo bastante bonito. As texturas podem ser corrigidas com mods ou jogando em terceira pessoa - á distância, elas parecem bem melhores. [B]GRÁFICOS: 8,5/10[/B] [T1]JOGABILIDADE[/T1] A principal parte do jogo, TES V: Skyrim possui um mapa grande aberto á exploração e recheado de quests e conteúdo. Há várias linhas de quest alternativas, como a da Irmandade Negra ( Dark Brotherhood ) ou a Guilda dos Ladrões ( Thieve's Guild ) todas interessantes. Também dá para comprar casas no jogo, onde é possível guardar itens e dormir quando você não está nas suas aventuras. Falando em aventuras, isso nos leva ao... combate. O combate de Skyrim foi um grande desapontamento. Simplesmente porquê não há estratégia - é só ficar clicando o mouse até o monstro morrer. Não há preocupação em usar magia tal contra monstro X, se desviar dos ataques de monstro Y... comparado com jogos recentes com combate incrível como Dark Souls, o combate de Skyrim é muito monótono. O mais perto de estratégia que existe é quando um dragão ataca. Esses ataques ocorrem aleatoriamente no mundo. Há vários tipos de dragão, alguns mais perigosos para você do que outros, e eles são sempre divertidos de se matar. Após derrotá-los, você ganha uma alma de dragão, que pode ser usada para desbloquear poderosas magias conhecidas como Gritos , "Shouts". Cada Shout é composto de três palavras na língua dos dragões - quando mais palavras mais forte o shout - encontradas escondidas em vários locais do mundo. [img]hide:aHR0cDovL2JuYmdhbWluZy5jb20vd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTEvMDYvZnJ0X2UzX3NreXJpbS5qcGc=[/img] O sistema de evolução é muito interessante: Nele vocÊ aprimora várias habilidades como proficiência em espadas de uma mão, em persuasão ( você ganha preços melhores dos vendedores e consegue convencer NPCs a fazer coisas) em magia de destruição, em forja... não há restrição de atributos para equipamentos como ocorre na maioria dos RPGs. Assim, dá para fazer personagens inusitados, como um feiticeiro que usa armadura pesada e um arco ( colocando-se pontos em uso de arcos, armadura pesada e magia destrutiva ) Embora o combate seja um grande desapontamento, as ótimas quests secundárias, excelente exploração e o sistema de evolução interessante salvam o jogo. Algo interessante é o fato de haver vários "livros" no jogo, que te ajudam a compreender melhor a história de Skyrim e Tamriel. [B]JOGABILIDADE: 8,5/10[/B] [T1]SOM[/T1] Um dos grandes triunfos de Skyrim, a trilha sonora é magnífica e realmente dá alma ao jogo - nada como explorar Skyrim ao som de uma relaxante e excelente música. A atuação de voz também é bastante boa - com vários dos personagens tendo um sotaque nórdico, o que ajuda ainda mais na imersão! [B]SOM: 9/10[/B] [T1]DURABILIDADE[/T1] Skyrim é um jogo que dura meses facinho. O mundo tem dezenas de cavernas e calabouços secretos, easter eggs, e centenas de quests, com algumas que se destacam muito. Sem falar que há mods que dão ainda mais durabilidade ou na possibilidade de jogar o jogo com outras raças e builds. Eu mesmo já joguei 40 horas e nem arranhei o jogo. Skyrim é algo pra te ocupar por um longo tempo. [B]DURABILIDADE: 9,5/10[/B] [T1]CONCLUSÃO[/T1] Eu tenho uma relação de amor e ódio com Skyrim. Uma hora, eu odeio o jogo por ter um combate e quest principal patéticos. Outra hora, eu adoro o jogo por ter um mundo repleto de conteúdo e quests, e com muita informação sobre o mundo de Elder Scrolls. Apesar de todas suas falhas, Skyrim ainda é um jogo excelente, que vale a pena muito comprar. [b]PRÓS:[/b] - Mapa recheado de conteúdo. - Sistema de evolução interessante, - Fantástica trilha sonora e atuação de voz boa - Gráficos bons na maior parte do tempo - Dragões! - Muitos livros e textos que ajudam a entender melhor o mundo de Elder Scrolls. - Mais de 60 mil linhas de diálogo - Muitos NPCs interessantes. [b]CONTRAS:[/b] - História principal entediante com personagens chatos e desinteressantes e péssimo diálogo. - Combate medíocre. - Texturas borradas de vez em quando. [B]NOTA FINAL: 8/10[/B]
Fonte: GameVicio
beckyolt
Enviado por beckyolt
Membro desde
label