.
3.6

Análise do jogo "Saint Seiya: The Hades" para PS2 escrito por GameVicio

Escrito por GameVicio, nota 3.6 de 10, enviado por P.Raphael,
[i][b]???Nem Athena salva esse jogo???[/b][/i] CDZ é um dos animes mais queridos de todos os tempos, quando os fãs souberam que haveria um jogo baseado no capítulo do santuário ficaram entusiasmados. Infelizmente, o jogo foi um fracasso total e em 2007 com o lançamento de mais um capítulo do anime a Dimps correu atrás do prejuízo. [t1]História[/t1] Mais uma vez um Deus malvado ameaça a terra e cabe aos cavaleiros de Bronze salvar o mundo mais uma vez, só que dessa vez eles encontraram velhos amigos, os cavaleiros de Ouro mortos no capítulo do santuário e são agora cavaleiros espectro. [t1]Jogabilidade[/t1] Bom o que se espera de um jogo de luta? Porradas, voadoras, golpes flamejantes e até um chefe final com uma boca no estomago. Em Saint Seiya: The Hades não funciona assim, o jogo tem tanto dinamismo quanto um Russo vs um Computador em um jogo de xadrez. Se você já achava o sistema de combate de Soul Calibur estranho imagine o de Saint Seiya: The Hades, dois botões de ataque dois para combos com cosmo , e eu não esqueci os cavaleiros não pulam... ou seja esqueça as famosas e práticas voadoras. Também existe uma espécie de desempate quando os dois lutadores se acertam com o mesmo golpe existem quatro opções: Porrada, Bola de Plasma, desvio e defesa, até o segundo desempate até que é interessante, depois... Existem também técnicas do sétimo sentido, explosão de cosmo e outras, mais nada que deixe o jogo mais interessante. Como em quase todo o jogo baseado em anime, nos combos os personagens são transportados para outra tela e existe a oportunidade do oponente defender, tirar um pouco do dano ou até rebater. O problema é que CDZ: The Hades é um daqueles famosos jogos quebra controle, pra fazer qualquer coisa e necessário esmagar um botão, como é o caso do bate e rebate dos combos com cosmo. Ainda existe o fato da reabilitação, se perder o Round deve girar a alavanca para ressuscitar o personagem ou para impedir que o oponente volte. [t1]Personagens[/t1] Lendas, como Seiya, Aioria, Shyryu e outros estão presentes totalizando uns 49 personagens, seria um número bem razoável se não houvesse a repetição. Como por exemplo a armadura de Pegasus e a de Sagitário tem os mesmos golpes, tudo bem no anime é assim mas... os mesmos golpes e animações recicladas? Mesmo por que a armadura de sagitário tira a mesma quantidade de energia que a de Pegasus, o mínimo de se esperar era um poder de fogo maior... A parte triste é que isso acontece com quase todos os personagens reduzindo o número de personagens diferentes a 17 ou um pouco mais. Talvez o pior de tudo isso seja o fato de que para liberar algumas armaduras de ouro nos cavaleiros de bronze é necessário terminar um longo e repetitivo modo para no fim dizer: ???Mas isso a armadura de Bronze já faz???. [t1]Gráficos[/t1] A uma primeira vista, parecem decentes, mas são muito digitais. O filtro Cell-shading foi bem mal aplicado deixando um gráfico que pode ser definido digamos como, é ???Feio hein!???. O pior vem agora não existe em hipótese nenhuma, nem nos créditos nem na abertura, em lugar nenhum, nem mesmo recicladas do anime, é triste. Os bugs são tristes, não agora seria sacanagem minha dizer que são vários e são chatos, existe apenas um e ele é bem engraçado: a tela simplesmente derrete, bem devagar pra cima na tela da TV. No começo é assustador, mas depois, divertido. Os cenários são baseados nas localidades do anime, é a única coisa que realmente é bonita no jogo. Outra coisa bem chata são os loads, um por luta um por cena! São loads demais é muito chato esperar e sabe que não vai vir nada de empolgante e o pior é, os gráficos são leves é difícil acreditar que haja mais loads em CDZ: Hades do que em God of War. [t1]Som[/t1] Som? O jogo tem uma trilha sonora ridícula! Num volume muito baixo, o que salva são as dublagens originais em Japonês. As músicas são típicas de jogos de luta, só que com atrasos e falhas o que faz com que você pense: ???ainda bem que o volume é baixo...??? ---------------- [b]Prós:[/b] + Baseado num anime de grande sucesso; [b]Contras:[/b] - A tela derrete; - Muitos Loads; - Personagens repetitivos; - Gráficos fracos; - Nenhuma cena em Anime; ---------------- [t1]Conclusão[/t1] Sons baixos, personagens repetitivos, loads longos e em um curto espaço de tempo, mesmo se você for fã viciado da série a ponto de ter derretido latinhas para fazer sua armadura, não compre.
Fonte: GameVicio
P.Raphael
Enviado por P.Raphael
Membro desde
24 anos, Santo André - São Paulo
label